dicas de nassau bahamas
Caribe

Dicas de Nassau – o que fazer na capital das Bahamas

Encontre aqui nesse post todas as dicas de Nassau, a capital das Bahamas, na ilha de New Providence. Saiba onde ficar e não ficar (dicas de hotéis famosos na ilha, como Four Seasons The Ocean Club, Grand Hyatt Baha Mar, entre outros), dicas de restaurantes, as praias mais bonitas, o que fazer durante a viagem, quantos dias ficar, quando ir, como se locomover pela ilha e muito mais.

Também falaremos de Paradise Island, a ilha que fica logo em frente a Nassau, onde está o famoso complexo de hotéis e parque aquático Atlantis.

Praias de Nassau - Cable Beach - Baha Mar - Bahamas
Cabe Beach – uma das praias mais bonitas de Nassau, onde fica o Baha Mar | foto: Lala Rebelo

***

Nassau é a capital e maior cidade das Bahamas, com aproximadamente 250 mil habitantes. Olha só a importância de Nassau… As Bahamas como um todo têm apenas 400 mil habitantes! Fica em Nova Providência (New Providence), uma das mais de 700 ilhas que compõem o país.

Nassau foi fundada pelos britânicos no século 17. Acabou se tornando uma “república pirata” por anos. Até o famoso Barba Negra se estabeleceu por lá! Depois os ingleses retomaram o poder.

Desde 1973 as Bahamas são um país independente, mas fazem parte da Commonwealth. Têm um primeiro ministro e sua rainha é a Elisabeth II (sim, Betinha para os íntimos rsrs).

onde fica nassau bahamas
Onde fica Nassau, nas Bahamas | fonte: GoogleMaps

label-separador-assunto-azul

COMO CHEGAR EM NASSAU

Não existem voos diretos do Brasil para Bahamas. O jeito mais fácil é fazer uma conexão, indo via Miami (American) ou via Panamá (Copa Airlines).

Você também pode quebrar os voos, indo do Brasil para a Flórida com uma cia aérea (ex: LATAM ou Azul) e da Flórida para Nassau com outra, como Bahamas Air, American, JetBlue etc.

No nosso roteiro, voamos Orlando-Nassau na ida e Nassau-Miami na volta (tudo de Bahamas Air. Uma cia que está quase sempre com voos atrasados, mas parece direitinha rs. Já tinha voado com ela para Exuma). Na chegada, ficamos uns dias na Disney (leia aqui sobre Disney com criança pequena) e na volta em Miami.

vista aérea nassau bahamas
Chegando em Nassau… Garanta seu lugar na janelinha! | foto: Lala Rebelo
bahamas air
Aeronave da BahamasAir, voo Orlando-Nassau | foto: Lala Rebelo

label-separador-assunto-azul

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA VIAJAR PARA BAHAMAS

Brasileiros não precisam de visto para entrar nas Bahamas, apenas passaporte válido e VACINA CONTRA FEBRE AMARELA no cartão de vacinação internacional. Nem tente embarcar sem! Pedem no check-in, na porta de embarque e na imigração.

Atenção: se for viajar para Bahamas via Miami (ou qualquer outro lugar nos Estados Unidos), é obrigatório ter o VISTO AMERICANO.

label-separador-assunto-azul

ONDE FICAR EM NASSAU – Dicas de Hotéis

/// BAHA MAR (3 hotéis)

Baha Mar é um complexo super novo na praia de Cable Beach em Nassau (ilha de New Providence). Ele é composto por 3 hotéis – Rosewood, SLS e Grand Hyatt – cassino, vários restaurantes e bares e muuuitas piscinas. O que achei bacana no Baha Mar foi sua localização, em uma praia de águas calmas e muito azul turquesa, e o fato de ser tudo bem novinho e moderno. Mas tudo bem estilo “Vegas na praia”.

Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay
Pintura representando todo o complexo do Baha Mar | foto do quadro

Porém o serviço deixa a desejar (o que reparei é que isso é um ponto comum em Nassau – quase ninguém te trata bem). E como não é nada barato, cheguei esperando muito mais. Paguei 2.000 dólares por 4 dias de hospedagem e posso dizer que fomos praticamente mal tratados do check-in ao check-out. Já paguei menos em hotéis muito melhores e quando pago tudo isso, óbvio que espero ter uma boa experiência. Cabe aqui dizer que ficamos hospedados no SLS Baha Mar. Não testei o serviço dos outros dois hotéis, Rosewood e Grand Hyatt (mas não amei o Baha Mar como um todo. Gente que só te trata bem em troca de gorjeta por todas as piscinas e bares…).

Alguns pequenos exemplos? Eu e minha família (detalhe: eu grávida e empurrando um carrinho de bebê) estávamos caminhando pelo hotel quando cruzamos com um grupo de funcionários vindo na direção contrária. Dá para acreditar que NINGUÉM desviou pra gente passar? Nós, HÓSPEDES, tivemos que desviar pela grama, para que o staff passasse sem nem olhar para a nossa cara.

Os restaurantes do jantar precisam ser reservados com antecedência (há um aplicativo do hotel com todas as informações do complexo e link para reservas das refeições. Estas também podem ser realizadas diretamente no site Open Table). Mas em nenhum momento alguém avisou sobre isso pra gente. Portanto no primeiro jantar, não comemos onde queríamos, mesmo vendo várias mesas livres. Acho que falta uma boa apresentação do complexo no check-in (porém a recepcionista do SLS estava mal-humorada demais para fazê-lo. Além de ter dito que não teríamos berço para o bebê porque o hotel estava lotado. Detalhe que ligamos semanas antes e nos garantiram o berço no quarto. Mas ele acabou aparecendo…).

Os menus kids (tanto dos restaurantes do complexo como do room service) são bem limitados e faltam opções saudáveis. Quase todos compostos por pizza, nuggets, massas… Até comemoramos quando encontramos um com vegetais cozidos e peixe. Tentávamos nos virar com o cardápio adulto mesmo (apesar de uma carne no room service – acompanhada de fritas – custar 45 dólares).

Apesar de todas as contas virem com 15% de serviço incluído e termos que pagar uma taxa de resort de 60 dólares por por dia (além do valor das diárias, que no nosso caso eram de quase 500 dólares/dia sem café da manhã), os funcionários estão ávidos por gorjeta. Quando não dávamos (na maioria das vezes, pois não concordo com esse sistema de extorsão absurdo, ainda mais quando o serviço é péssimo) ou dávamos pouco, éramos mais mal tratados ainda.

Algo que também achei muito ruim foi o fato do frigobar do quarto do SLS Baha Mar, além de super pequeno, ser de cobrança automática. Qualquer coisa que você TIRA DELE, mesmo que não consuma, é automaticamente cobrado. Isso dificulta muito a vida de quem viaja com criança, pois é quase impossível colocar uma mamadeira ou um pote de frutas lá dentro. Aliás, acho que limita qualquer hóspede, pois sempre há algo que queremos guardar na geladeira. A limpeza também era feita no fim da tarde. Deixávamos o quarto com a plaquinha “make my room” às 8h30 da manhã e sempre encontrávamos o quarto ainda desarrumado ou sendo limpo às 16h30, quando voltávamos da praia.

O ápice da nossa má experiência foi quando recebemos a conta final e vimos uma cobrança de 100 DÓLARES de um restaurante do Baha Mar que NÃO fomos. Fizemos a reserva do jantar pelo Open Table (detalhe que não era um restaurante super disputado, conseguimos reservar a mesa 1h antes…), mas o Vini, super cansado, acabou dormindo. A gestante aqui aproveitou pra deitar mais cedo (E PEDIR COMIDA DO ROOM SERVICE – ou seja, consumimos bastante, quase 100 dólares de comida no quarto!). Tentei cancelar pelo aplicativo faltando 20 minutos para nosso horário e não dava mais. Não comparecemos. E o valor do no show é simplesmente de 100 DÓLARES (quase 500 reais – mais do que gastamos em todas as refeições que fizemos no hotel).

O que não entendi é como eles podem ter me cobrado isso na fatura do HOTEL, vinculada ao cartão de crédito, sendo que fiz a reserva no Open Table sem cartão de crédito e sem nenhum vínculo com o hotel (e sem informar meu quarto). Cruzaram dados entre diferentes plataformas e estou quase certa de que isso não é permitido (ao menos em vários países, não sei nas Bahamas). Reclamamos e “retiraram isso da conta provisoriamente”, mas disseram que é o manager do restaurante em questão (o F’ilia) que vai resolver, pois está no disclaimer da reserva. Estando ou não nas “letras miúdas”, não acho que o Baha Mar tenha razão. Isso não é hotelaria, não se trata um hóspede assim. Tudo pelo simples prazer de extorquir e arrancar mais dinheiro de um “turista bobo e desavisado”.

Claro que, apesar de ter achado o serviço do Baha Mar em geral muito fraco e não valer o que custa, nossa péssima experiência está diretamente ligada à hospedagem no SLS (mas enfim, Grand Hyatt e SLS são praticamente conectados… Não dá para ter certeza se estamos sendo mal tratados por funcionários do SLS, do Grand Hyatt ou do próprio Baha Mar. Saímos da área de um e adentramos o outro sem nos darmos conta).

Não sei se poderia ou não recomendar os outros dois hotéis dentro do complexo sem ter testado, mas falam bem do Rosewood (esse é um grupo de luxo que costuma ter hotéis bacanérrimos, inclusive o Las Ventanas al Paraíso, em Los Cabos, México, é Rosewood. Ele é considerado o melhor hotel do mundo. Creio que ofereceria uma experiência superior, mesmo no Baha Mar – mas não tenho como saber 100%). Também conversei com leitores que ficaram no Grand Hyatt Baha Mar e gostaram.

***

Bom, vamos falar um pouco sobre as coisas boas do complexo?! 😀 (existem algumas rs). Amei o fato das piscinas terem um leve aquecimento (nunca estão geladas), então são perfeitas para crianças pequenas e para friorentos como eu.

São muitas piscinas diferentes e uma delas conta com uma caverna com vista para o aquário. As piscinas geralmente tem borda rasinha, estilo “praia”, o que é uma delícia. Apesar de não haver piscinas “para crianças” (dessas com brinquedos – mas não acho que seja necessário), a maioria é perfeita para os pequenos. O Vinicius ficou looooouco!

Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay - pools
Uma das piscinas mais legais do Baha Mar em Nassau | foto: Lala Rebelo
Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay - pools
A piscina tem vista para um aquário | foto: Lala Rebelo
Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay - pools
Caverninha na piscina, com aquário dentro | foto: Lala Rebelo

Já o kids club, para um complexo desse tamanho (mais de 2.000 quartos) deixa a desejar.

Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay - kids club
O kids club para toddlers no Baha Mar é bem limitado | foto: Lala Rebelo
Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay - kids club
Livros, blocos e pelúcias compõem a parte de crianças pequenas do kids club do Baha Mar | foto: Lala Rebelo

Rodamos a ilha e realmente o Baha Mar está em uma das praias mais bonita de Nassau, Cable Beach. Mar calminho estilo Caribe e muito azul turquesa. Em Paradise Island (onde fica o Atlantis e o Four Seasons), achei o mar mais agitado, com muitas ondas, nesta época do ano (inverno). A água no geral estava gelada. Não sei se é sempre assim ou se demos azar com uma frente fria (ventava muuuuito – fev/2020).

Praias de Nassau - Cable Beach - Baha Mar - Bahamas
Cable Beach – a praia onde está o Baha Mar, em Nassau | foto: Lala Rebelo

Há muitas opções de bons restaurantes dentro do complexo, dos mais diferentes tipos de culinária (japonesa, italiana, mexicana, mediterrânea etc.). Os restaurantes são lindos e gostosos. Durante o dia, há diversos bares ao lado das piscinas e food trucks FOFOS espalhados pela praia (hambúrguer, hot dog, tex-mex, poke, sorvete etc.).

Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay
Food trucks fofinhos espalhados pela área do hotel, para almoço | foto: Lala Rebelo

A decoração é uma graça, inspirada no estilo de construção típico das Bahamas, com casinhas listradas coloridas (me lembrou muito Exuma – leia post com dicas aqui).

Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay
Casinhas coloridas típicas das Bahamas espalhadas pelas áreas do resort | foto: Lala Rebelo

Apesar da nossa experiência não ter sido boa, creio que o Baha Mar é hoje uma das “boas opções de hospedagem em Nassau” (por ser novinho e por estar em uma praia bem bonita). É, Nassau é bem limitado mesmo… O ruim acaba sendo uma das opções “menos piores”.  Tem também o maior cassino do Caribe, um super campo de golf e spa by ESPA. Mas vá preparado para o esquema “resortão”.

Cassino Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay
Cassino do Baha Mar em Nassau | foto: Lala Rebelo

Clique abaixo para reservar a sua estadia nos hotéis do Baha Mar:

É o maior hotel do complexo, composto por duas torres altas. É bem familiar e me pareceu kids friendly. Costumo gostar bastante do serviço Hyatt, mas não testei esse hotel especificamente.

Reserve aqui.

Bom, acho que não preciso dizer mais muita coisa desse hotel depois do relato acima, sobre minha péssima experiência, né?! rsrs. O que posso adicionar é que o SLS é a opção “mais jovem” do complexo (it means: baladeira). Lobby animado, gente bebendo, música tuntz tuntz tocando… Uma atmosfera descontraída, com decoração moderninha. Se você está solteiro, ou é um casal jovem mais “festeiro” ou está com grupo de amigos, essa pode ser a opção ideal (vimos diversos grupos de despedida de solteiro).

Amei a decor do hotel. Os quartos, branquinhos e descolados, também são lindos. Mesmo a categoria “mais simples” de quartos já oferece bastante espaço. A piscina principal do SLS é super linda (pena que fica na sombra por volta de 15h) e há uma segunda piscina exclusiva para adultos. O serviço, como já comentei, é PÉSSIMO (um dos piores hotéis no quesito cordialidade que já me hospedei. Custo-benefício baixo, já que você paga CARO, pra não ter praticamente nada em troca).

Reserve aqui (mas eu não cometeria esse erro novamente… #ficaadica).

SLS Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay
O edifício do hotel SLS Baha Mar | foto: Lala Rebelo
SLS Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay
Bar no lobby do SLS Baha Mar | foto: Lala Rebelo
SLS Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay
Piscina principal do SLS Baha Mar. Infelizmente na sombra antes das 16h | foto: Lala Rebelo
SLS Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay
Nosso quarto no SLS Baha Mar | foto: Lala Rebelo
SLS Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay
Pena que nossa vista era esta: uma linda construção hahaha | foto: Lala Rebelo
SLS Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay
Eis o frigobar mini do qual não se pode tirar nada para não ser cobrado | foto: Lala Rebelo
SLS Baha Mar - Nassau - Bahamas - where to stay
Banheiro moderninho. A decor é legal. Já o serviço… | foto: Lala Rebelo
  • Rosewood Baha Mar

É o hotel mais luxuoso do complexo e também o mais privativo. Seus hóspedes podem usar toda a infraestrutura geral do Baha Mar (diversas piscinas), mas contam com sua própria área de lazer, com piscina exclusiva Rosewood e um serviço diferenciado, inclusive na área de praia.


/// ATLANTIS (5 hotéis + villas)

O complexo de hotéis + parque aquático + cassino mais conhecido de Nassau (e do Caribe). Fui conhecer apenas o parque aquático Aquaventure em um day-use (conto em detalhes mais pra frente, em “o que fazer”), e passamos pelo lobby de alguns hotéis da propriedade. Achei uma opção legal para crianças maiores (tipo acima dos 5 anos), mas os pequenos também podem aproveitar em uma piscina rasinha com brinquedos! Vini se divertiu muito.

Há hotéis de diferentes categorias, sendo o melhor deles o The Cove.

O Atlantis fica em Paradise Island, uma ilha em frente à New Providence (há uma ponte para cruzar), com vários hotéis (inclusive o Four Seasons também está lá nessa ilha), condomínios luxuosos, marina e campo de golf.

Azar da época que visitei Nassau (dias com ventos mais fortes que o normal), mas o mar que banha Paradise Islando estava bem agitado, com ondas.

Não conheci nenhum dos hotéis do Atlantis. Apenas passei pelo lobby do The Coral, The Beach e The Royal. Não posso dizer sobre o serviço, se teria uma experiência positiva ou não. Recebo feedbacks de todos os jeitos, positivos e negativos.

Clique abaixo para reservar a sua estadia nos hotéis do Atlantis:

The Cove Atlantis - resort Nassau Paradise Island Bahamas
The Cove Atlantis – o mais luxuoso resort do complexo. Paradise Island, Bahamas | foto: divulgação
The Royal Atlantis - resort Nassau Paradise Island Bahamas
The Royal at Atlantis – resort em Paradise Island, Nassau, Bahamas | foto: divulgação

/// FOUR SEASONS RESORT – THE OCEAN CLUB

Considerado o hotel mais luxuoso de Nassau. Fica em Paradise Island, a mesma ilha do Atlantis (está ao lado). Banhado pelo Oceano Atlântico, o hotel oferece quartos espaçosos e tem um estilo arquitetônico tradicional do Caribe.

O hotel é um clássico, aberto desde 1962. Tem até um antigo convento do século 12 lá dentro! Foi por muito tempo um One&Only e no fim de 2017, depois de várias melhorias, se tornou um fabuloso Four Seasons. A piscina de borda infinita e os jardins inspirados em Versailles são alguns dos destaques.

O restaurante Dune, by chef Jean-Georges Vongerichten, é super recomendado. Aberto também a não hóspedes.

Clique aqui para reservar a sua estadia no The Ocean Club, a Four Seasons Resort.

Four Seasons Resort Nassau Bahamas - The Ocean Club
Uma das piscinas do Four Seasons Resort – The Ocean Club | foto: divulgação
Four Seasons Resort Nassau Bahamas - The Ocean Club
Quartos do Four Seasons Resort – The Ocean Club | foto: divulgação
Four Seasons Resort Nassau Bahamas - The Ocean Club beach
Praia do Four Seasons de Nassau – The Ocean Club | foto: divulgação

/// MELIÁ NASSAU

Este hotel também fica em Cable Beach, a praia mais bonita de Nassau, na minha opinião (a mesma praia do Baha Mar – são vizinhos).  Não conheci a propriedade por dentro, apenas vi seu edifício. É um resort all-inclusive.

Clique aqui para reservar a sua estadia no Meliá Nassau.

Melia Nassau resort all inclusive bahamas
Meliá Nassau – resort all inclusive nas Bahamas | foto: divulgação

/// THE ISLAND HOUSE (hotel boutique)

Esse é um hotel pequeno e LINDO com apenas 30 quartos, super charmoso. Pena que só descobri depois que já tinha reservado o Baha Mar, pois com certeza teria optado por ficar lá (quase o mesmo preço do SLS). Acho que tem beeeem mais a nossa cara. O The Island House não fica na beira da praia, mas tem um shuttle gratuito que leva a uma praia exclusiva, em apenas 5 minutos (mas confira antes se há ou não custo extra para usar essa praia rs! Afinal tuuudo custa um extra em Nassau). Os reviews são positivos.

Clique aqui para reservar a sua estadia no The Island House.

The Island House Nassau - hotel boutique
The Island House – hotel-boutique em Nassau, Bahamas | foto: divulgação
The Island House Nassau - hotel boutique
Um dos quartos do The Island House, Nassau | foto: divulgação
The Island House Nassau - hotel boutique
Praia próxima ao The Island House Nassau | foto: divulgação

::: Veja outras opções de hotéis em Nassau aqui.

dicas de hotéis em nassau

label-separador-assunto-azul

ONDE COMER EM NASSAU – Dicas de restaurantes

  • COSTA (mexicano)

Este restaurante fica dentro do Rosewood Baha Mar e é maravilhoso. O ambiente é UAU, com casinhas espalhadas sobre um lago cheio de carpas. No menu, pratos mexicanos tradicionais, deliciosos. Recomendo muito o que pedimos: chicken flautas (US$22), octopus cazuela (US$20) e um grouper ceviche “salsa macha” – cuidado, beeeem apimentado!! (US$25). A sobremesa imperdível é, obviamente, churros (levinho e crocante) – US$14.

Reserve pelo Open Table. Aberto também a não hóspedes do Baha Mar.

Dicas de Nassau - Restaurantes - onde comer - Costa - Mexicano - hotel Rosewood Baha Mar
Lindíssimo restaurante COSTA, no Rosewood Baha Mar | foto: Lala Rebelo
Dicas de Nassau - Restaurantes - onde comer - Costa - Mexicano - hotel Rosewood Baha Mar
Ambiente agradável, linda decor e comida maravilhosa | foto: Lala Rebelo
Dicas de Nassau - Restaurantes - onde comer - Costa - Mexicano - hotel Rosewood Baha Mar
Chicken Flautas – Restaurante COSTA – Rosewood Baha Mar | foto: Lala Rebelo
Dicas de Nassau - Restaurantes - onde comer - Costa - Mexicano - hotel Rosewood Baha Mar
Simplesmente CHURROS | foto: Lala Rebelo
Dicas de Nassau - Restaurantes - onde comer - Costa - Mexicano - hotel Rosewood Baha Mar
Bar do COSTA, mexicano no Rosewood Baha Mar | foto: Lala Rebelo
  • FI’LIA (italiano)

Restaurante de cozinha italiana muito gostoso, dentro do SLS Baha Mar. Massas deliciosas e ambiente charmoso. No menu kids, prato de peixe com legumes muito gostoso (o único prato kids saudável que encontramos no hotel). Recomendo pedir um pappardelle com ragu de vitela e toque de limão (US$28).

Reserve pelo Open Table. Aberto também a não hóspedes do Baha Mar.

Dicas de Nassau - Restaurantes - onde comer - Filia - italiano - hotel SLS Baha Mar
Restaurante Fi’lia de cozinha italiana no hotel SLS Baha Mar | foto: Lala Rebelo
  • DUNE (cozinha francesa-asiática com toques locais)

Principal restaurante do The Ocean Club – Four Seasons Resort, super recomendado. Queria muito conhecer, mas infelizmente não tinha mais mesas disponíveis nas nossas datas. Aberto no almoço e no jantar (nos fins de semana, há brunch). By chef Jean Georges Vongerichten.

Dizem que o bar do Dune também é uma delícia para drinks e small bites.

Reserve pelo Open Table. Aberto também a não hóspedes do Four Seasons.

dune - four seasons the ocean club
DUNE – restaurante do The Ocean Club, Four Seasons | foto: divulgação
  • KATSUYA by Starck (japonês)

Considerado o melhor restaurante de comida japonesa de Nassau, fica no SLS Baha Mar, by chef & master sushi Master Sushi Chef Katsuya Uechi. A decoração, super moderna, é assinada por Philippe Starck (adoro!!).

Reserve pelo Open Table. Aberto também a não hóspedes do Baha Mar.

***

Nos hotéis de Nassau há ainda muuuuuitos outros ótimos restaurantes. No Atlantis, por exemplo, há um NOBU. No próprio Baha Mar há ainda diversas outras opções de bons restaurantes, como o Cléo, de culinária mediterrânea (amei o tagine de frango com açafrão – US$28) e o chinês Shuang Ba. Faça reserva sempre!


RESTAURANTES LOCAIS

Nassau não tem um centrinho bonitinho, mas paralelo a West Bay Street, na Esplanade Bay, você pode provar os pratos típicos (peixe frito, salada de concha, bolo de rum… Acompanhados de cerveja Kalik ou Sands). Os restaurantes / bares são BEM simples, mas têm sua graça, são autênticos. Passamos em frente em um domingo e estava cheio de gente local. O local se chama ARAWAK CAY ou FISH FRY STREET.

Dicas de Nassau - Arawak Cay - Fish Fry Street - Bahamas - restaurantes locais
Um dos pequenos bares e restaurantes locais de Nassau Downtown | foto: Lala Rebelo

label-separador-assunto-azul

O QUE FAZER EM NASSAU

Nassau é um destino de resorts. Os turistas não costumam sair muito e nem explorar a cidade. Nós alugamos um carro para encontrar outros spots legais (sempre fazemos isso no Caribe e sou cheia de “achadinhos” – veja todos os posts sobre destinos no Caribe aqui), mas a verdade que em Nassau realmente não há muuuuuito o que ver! 🙁

O centrinho e o porto (onde desembarcam diariamente milhares de turistas dos cruzeiros gigantescos que passam por Nassau), é bem feio. Há lojas de artesanato, lojas de grife, jóias com pedras preciosas, um mercado local (Straw Market) e restaurantes simples com comida típica, como os que citei acima, na Esplanade Bay (Arawak Cay – Fish Fry Street). E claro, como vários destinos caribenhos americanizados, nessa área há também um Sr. Frogs e um Hooters.

Nassau Downtown - bahamas
Um pouquinho do centrinho de Nassau (downtown) | foto: Lala Rebelo

Se quiser ir mais a fundo em um tour histórico e cultural, é possível caminhar e conhecer:

  • Queen’s Staircase  – uma escadaria com 66 degraus construída em 1794 que conecta o Forte Fincastle – o ponto mais alto da ilha – com o centro de Nassau).
  • Destilaria John Watling’s – para conhecer e degustar o principal rum das Bahamas. Aberta diariamente de 10h às 18h.
  • Museu Piratas de Nassau – Nassau já foi refúgio de piratas no século 18. O museu, que é interativo, conta a história dessa época, que piratas dominaram todo o Caribe.

Há também uma rua simpática, chamada Heritage Villa (na West Hill Street), que tem restaurantes e lojinhas mais bonitinhas. Vou marcar tudo no mapa ao fim do post.


PRAIAS – as praias mais bonitas de Nassau

  • Cable Beach

Esta é, na minha opinião, a praia mais bonita de Nassau. Onde estão os resorts Baha Mar e o Meliá Nassau. Tem mar azul turquesa caribenho e calminho. Além dos hotéis, não há infraestrutura na praia (beach clubs etc.). O Meliá aceita day-uses no valor de 130 dólares por pessoa.

Praias de Nassau - Cable Beach - Baha Mar - Bahamas
A belíssima e super azul turquesa Cable Beach, em Nassau | foto: Lala Rebelo
Praias de Nassau - Cable Beach - Baha Mar - Bahamas
Cable Beach – Nassau – Bahamas
Praias de Nassau - Cable Beach - Baha Mar - Bahamas
Praia gostosa para ir com crianças também | foto: Lala Rebelo
  • Junkanoo Beach

Essa é a “praia pública” que achei mais bonita. Tem bastante “vida real” (pessoas e restaurantes locais. Infelizmente, vi bastante lixo também). Não é nada sofisticado, tudo muito simples.

Junkanoo Beach - Praias de Nassau - Bahamas
Junkanoo Beach – Nassau – Bahamas | foto: Lala Rebelo
Junkanoo Beach - Praias de Nassau - Bahamas
Praia pertinho do porto de cruzeiros, com opções de restaurantes simples | foto: Lala Rebelo
  • Cabbage Beach (Paradise Island)

A Paradise Island é praticamente toda tomada por resorts (o Atlantis e o Four Seasons estão lá) e condomínios. Mas uma parte pública da praia (apesar de dizer “public beach”, havia um aviso de propriedade privada… Não entendi, mas fui lá ver a praia mesmo assim e havia muitos turistas “avulsos”). O acesso se dá bem ao lado do resort RIU. Há espreguiçadeiras para alugar.

Achei a praia bem bonita, com areia branquinha e mar azul turquesa, porém BEM batido. Em outras épocas do ano, dizem que costuma ser mais calminho. Demos azar e pegamos justo uma onda de ventos mais fortes que o normal em Nassau.

Praias de Nassau - Cabbage Beach - Paradise Island - Bahamas
Cabbage Beach – Paradise Island – Nassau | foto: Lala Rebelo
Praias de Nassau - Cabbage Beach - Paradise Island - Bahamas
Acesso público da Cabbage Beach, ao lado do RIU Paradise Island | foto: Lala Rebelo

No Google Maps há um beach club marcado, mas ele fica dentro de um clube de golf. Passamos pela cancela tranquilamente (ninguém nos parou para perguntar nada) e fomos em direção ao local. Chegando lá fomos convidados pela segurança a nos retirar, pois não éramos autorizados e estávamos infringindo propriedade particular (problema nosso ou do guardinha da cancela que não nos disse nada?!). Como ela mesma disse: better get out to avoid being hurt! (melhor vocês saírem para evitar que fiquem feridos…). Ouvir isso estando por engano no local, gestante, com um bebê na cadeirinha do carro e um adulto de bem que foi justamente questionar se o beach club era ou não era ali, não foi nada legal.

Paradise Island Beach Club - golf club
De onde quase fomos arrancados a força na Paradise Island. Fomos só perguntar o que era… | foto: Lala Rebelo

PARQUE AQUÁTICO ATLANTIS

Essa é a principal atração de Nassau. O mundialmente famoso parque aquático Atlantis (Aquaventure) recebe hóspedes dos hotéis que ficam no complexo, visitantes em day-use, como nós, hospedados em outros hotéis, e também passageiros de cruzeiros que atracam em Nassau para passar o dia.

O day-use, nos meses de inverno, custa 135 dólares por adulto e 93 dólares por criança (4-11 anos) nos meses de inverno. No verão, o valor é um pouco mais alto. É preciso chegar cedinho (por volta de 9h) no guichê do Atlantis Adventures, que fica na torre do hotel The Coral, para comprar os ingressos. A disponibilidade é limitada e para quem não fica em hotéis parceiros (o Baha Mar não é) ou não está em um cruzeiros (veja aqui), pode ficar sem. No verão é que é mais disputado. Você pode fazer reserva com antecedência online aqui (coloque sua data e clique em search)

Achei uma ótima opção para passar o dia! Para quem tem criança pequena, há uma piscina grande, levemente aquecida, rasinha, com vários brinquedos legais. Do outro lado do parque, há um lazy river que infelizmente estava desativado quando fomos.

Acho que o parque é mais interessante para crianças maiores, adolescentes e adultos, porque a maioria das atrações pede mais altura mínima, e são mais radicais.

O destaque fica com o Mayan Temple, que conta com um tobogã com queda quase vertical a 18 metros de altura e passa por um túnel de acrílico dentro de uma piscina cheia de tubarões. Se for menos radical, também há segundo tobogã mais família, que se desce de bóia, e também passa mais lentamente pelos tubarões.

Atlantis Bahamas - parque aquático Aquaventure
Comprando os ingressos para o dia no parque Atlantis Bahamas | foto: Lala Rebelo
Atlantis Bahamas Nassau - tobogã com tubarões
Mayan Temple – tobogã com tubarões no Atlantis Bahamas | foto: Lala Rebelo
Atlantis Bahamas Nassau - tobogã com tubarões
Há também essa opção menos radical, pra passar de bóia pelos tubarões | foto: Lala Rebelo
Atlantis Bahamas Nassau - tobogã com tubarões
No interior do tobogã – túnel de acrílico no tanque de tubarões | foto: Lala Rebelo
Atlantis Bahamas Nassau - tobogã com tubarões
Aquaventure – parque aquático do Atlantis Bahamas, em Nassau | foto: Lala Rebelo
Atlantis Bahamas - parque aquático Aquaventure - crianças - Splashers
Splashers – área para crianças no Atlantis Aquaventure Bahamas | foto: Lala Rebelo
Atlantis Bahamas - parque aquático Aquaventure - crianças - Splashers
Vinicius e mamãe se divertiram até! | foto: Lala Rebelo
Atlantis Bahamas - parque aquático Aquaventure - crianças - Splashers
Splashers – Atlantis Aquaventure | foto: Lala Rebelo
Atlantis Bahamas - parque aquático Aquaventure
Atlantis – Nassau – Bahamas | foto: Lala Rebelo
praia do Atlantis Bahamas - Paradise Island - Nassau
Praia do Atlantis de Bahamas, em Paradise Island | foto: Lala Rebelo

BLUE LAGOON ISLAND

Uma ilha privativa perto de Nassau pra você passar o dia. Pode pegar apenas o pacote de “beach day” ou o pacote com encontro com animais (golfinhos e leões marinhos). Não curto nem indico mais esse tipo de atividade. Não conheci a Blue Lagoon, mas dizem que a praia é realmente linda.


PASSEIOS DE BARCO
  • Eleuthera & Harbour Island

Uma das ilhas mais lindas das Bahamas, famosa principalmente pela praia com areia cor de rosa (Pink Sands Beach), que fica em Harbour Island. Está a 80km da capital Nassau. Há uma balsa que parte de Nassau de manhã cedinho às 8h e chega em Eleuthera por volta de 11h. Veja mais detalhes aqui.

Você pode também fazer um passeio de um dia a Eleuthera. Há várias ofertas de empresas, como a Hidden Beaches Bahamas. Mas como estou grávida e o Vini era menor de 2 anos, não era permitido ir.

Mas sinceramente, vou guardar Eleuthera para ir com mais tempo, pois acho que deve ser o máááximo passar alguns dias por lá! Veja alguns hotéis aqui. Os destaques para mim: Pink Sands Resort, The Cove Eleuthera e French Leave Resort.

Também é possível chegar a Eleuthera de avião, com Bahamas Air, Pineapple Air e Southern Air.

Eleuthera - Bahamas - Whiteland Beach
Whiteland Beach – Eleuthera – Bahamas | foto: Tommaso Galli para Flickr (CC)
  • Exuma Cays

Também é possível conhecer um pouquinho de Exuma Cays em um passeio de barco de um dia, partindo de Nassau. Mas sinceramente, seria uma injustiça! Exuma é MARAVILHOSO, um dos destinos mais lindos que já fui na vida, e merece ter você por alguns dias. O voo de Nassau para Great Exuma (GGT) dura apenas 40 minutos (SkyBahamas e BahamasAir).

Leia post com todas as dicas de Exuma aqui.

Nos hospedamos no Paradise Bay Bahamas. Um hotel pequeno e bem gracinha! Mas hoje, viajando com criança pequena, eu optaria pelo Grand Isle Resort & Spa para ter mais infraestrutura.

Exuma - Bahamas
Bancos de areia de Exumas Cays, nas Bahamas | foto: Lala Rebelo
  • Sandy Toes Rose Island

Bem pertinho de Nassau (a apenas 25 minutos de barco) existe essa ilha com areia branquinha e mar azul turquesa. Várias empresas oferecem tours de meio dia para Rose Island. Parece mesmo bem lindo!!! Não testei nenhuma, nem ouvi boas ou más recomendações, mas encontrei este passeio na internet que me pareceu legal.


SESSÃO DE FOTOS

Uma das coisas legais que fizemos em Nassau e que nunca tínhamos feito antes em nenhum destino foi uma sessão de fotos com um fotógrafo profissional. O Ricardo, meu marido, tira fotos maravilhosas, mas conseguir captar a família toda é sempre difícil. E agora que viajei com o barrigão (grávida de 28-29 semanas do Miguel), queria guardar estes momentos.

Contratamos o Kistroff Rolle (instagram @kristoff_rolle ::: facebook Churchboy Photography) para ficar 1h conosco, por 150 dólares. Confesso que não estava esperando MUITA coisa, mas ele nos entregou (em 2 dias úteis) quase 100 fotos LINDAS. Valeu a pena!

Algumas para vocês verem:

dicas de Nassau Bahamas - Paradise Island

dicas de Nassau Bahamas - Paradise Island

dicas de Nassau Bahamas - Paradise Island

dicas de Nassau Bahamas - Paradise Island

dicas de Nassau Bahamas - Paradise Island

dicas de Nassau Bahamas - Paradise Island

dicas de Nassau Bahamas - Paradise Island

dicas de Nassau Bahamas - Paradise Island

dicas de Nassau Bahamas - Paradise Island

dicas de Nassau Bahamas - Paradise Island

A linda foto de capa do post também é dele! 😉

label-separador-assunto-azul

COMO SE LOCOMOVER EM NASSAU

Nós alugamos um carro pela RentalCars (pick-up e drop-off no aeroporto) para explorar a ilha. Inclusive contava com cadeirinha para o baby (pedimos no momento da reserva e ligamos na locadora para confirmar). Mas não achei TÃO necessário. O aluguel de carro sai caro… OK que nos deu mais liberdade no dia que rodamos a ilha e no dia que visitamos o Atlantis, mas era possível fazê-lo contratando transfers ou usando taxi.

* Sempre alugo meus carros em viagem pela RentalCars e sempre deu super certo. Se você aluga por este link, eu ganho uma pequena comissão (você não paga nada a mais). Obrigada! 😉

Atenção: a direção nas Bahamas é na MÃO INGLESA. A Carteira de Habilitação BRASILEIRA foi suficiente para alugar o carro, não foi preciso mostrar a PID.

aluguel de carro em nassau
Dirigindo na mão inglesa com carro alugado em Nassau | foto: Lala Rebelo

label-separador-assunto-azul

QUANTOS DIAS FICAR EM NASSAU?

Creio que 2 ou 3 dias são suficientes (2 ou 3 noites no máximo). Se você quiser ir para descansar em um resort por vários dias, há outras opções mais interessantes e menos caras no Caribe. Na minha opinião, Nassau só vale como passagem para outras ilhas das Bahamas e não como “destino oficial” das férias.

label-separador-assunto-azul

CLIMA – Melhor época para ir

Geralmente a melhor época para ir a qualquer destino no Caribe (exceto os que estão fora da zona de furacões como Curaçao, Aruba, Barbados, Canouan etc.) é nos meses de inverno do hemisfério norte. Ou seja, de novembro a abril. São meses mais secos, porém nas Bahamas, por ser mais ao norte, você pode acabar pegando um friozinho indesejado (nosso caso).

Nos meses de verão, faz mais calor e o mar fica mais calminho e ainda mais azul turquesa. Porém é preciso EVITAR principalmente ir nos meses de AGOSTO E SETEMBRO, pois é temporada de furacões. 

Melhor época para ir Bahamas Nassau - clima
Céu azul e coqueiros arrepiados com o vento forte – fev/2020 | foto: Lala Rebelo

BAHAMAS TOMADA VOLTAGEM IDIOMA MOEDA DINHEIRO FUSO HORÁRIO

*1 Dólar Bahamense (BSD) equivale exatamente a 1 Dólar Americano (USD), que é aceito em todos os lugares da ilha, de igual pra igual. Portanto não há necessidade alguma de fazer câmbio. Só chegar com as verdinhas mesmo. Porém, você receberá de troco moedas locais (que são lindas, por sinal), e é bom gastá-las enquanto estiver por lá!!

**Há horário de verão nas Bahamas, de março a novembro (adianta-se 1 hora).  

Notas e moedas de Dólar Bahamense
Notas e moedas de Dólar Bahamense

SEGURO DE SAÚDE INTERNACIONAL

Eu NUNCA viajo sem seguro de saúde. Não acho que compensa ir apenas com o do cartão de crédito (que pode ser difícil pra conseguir reembolso). Fazer um extra é tão barato… Eu já precisei usar uma vez e recomendo!

Sempre faço o meu pela REAL Seguros, que compara preço e cobertura das melhores seguradoras. Clique aqui para fazer uma cotação. Após compra online, a apólice chega por email em minutos.

label-separador-assunto-azul

CHIP DE CELULAR

Costumo comprar chip de celular internacional com plano de internet antes mesmo de sair do Brasil. Coloco o chip no celular ainda no avião e já desembarco conectada. Já testei das marcas EasySim4U e PlusSim Travel. Clique aqui para comprar.

label-separador-assunto-azul

MAPA

Confira no mapinha abaixo todos os pontos de Nassau citados aqui no post, pra você se localizar melhor:

TURQUESOMETRO NASSAU BAHAMAS

Outros destinos lindos (mais lindos) no Caribe:

E ainda tenho um grande sonho de conhecer Antigua e Barbuda, e me hospedar no Jumby Bay Island (family) e no Cocobay Resort (adults only).

E aí, o que acharam de Nassau? Sinceramente, não é o destino mais legal do Caribe (uma região com taaantos lugares hospitaleiros, interessantes e maravilhosos)!

Mas, como BAHAMAS é um país UAU (um dos mais turquesas do mundo, com as praias mais lindas que existem), será inevitável passar por Nassau. Então indico uma parada de 2 noites apenas, a caminho de Exuma, Eleuthera ou outra ilha do arquipélago. Como o DESTINO mesmo de férias, acho que não vale.

Que tal combinar Bahamas com Turks and Caicos? Há voos diretos de Bahamas Air.

► Leia dicas de Exuma aqui.
► Leia dicas de Turks and Caicos aqui.
► Leia dicas de Miami aqui.

Beijos, Lala Rebelo

::: Acompanhe minhas viagens ao vivo pelo instagram @lalarebelo
:::
 E curta minha página no facebook Lala Rebelo Travel Blog

Assista aqui minha viagem para Nassau, mostrada no Instagram Stories. 

Se o post foi útil pra você e te ajudou no planejamento da sua viagem, ficarei muito grata se você reservar seus hotéis por este link, reservar seu carro por este link, fazer seu seguro de saúde internacional por este link e comprar seu chip por este link. Somos parceiros dessas empresas e ganhamos uma pequena comissão a cada reserva/venda. Você não paga nada a mais por isso, mas é essa a forma que encontramos para monetizar o site e continuar oferecendo conteúdo gratuito de qualidade. São empresas que confio e que eu mesma utilizo em todas as minhas viagens. Muuuito obrigada! 😉

lala-veste
Saídas de praia: Pitusa, Nammos e Saidinha
Biquinis: Água de Coco e Track and Field /// Óculos: Fendi

E como muitos perguntam… Óculos do Vini é da Izipizi. Amo! 🙂 )

Comentários