Guna Yala

SAN BLAS – Panamá

Ilhas desertas no Caribe

SAN BLAS – Panamá… O que eu posso dizer sobre um dos meus lugares preferidos da Terra? O post de hoje é sobre um lugar que poucos conhecem (não sei como esse paraíso é tão pouco divulgado!) e que eu amo de paixão que é o Arquipélago de San Blas, no Panamá, país onde moro. Um post com todas as dicas de San Blas Panamá.

*** Apesar do post ter sido publicado em 2014, ele NÃO é antigo! Várias vezes ao ano atualizo as informações!! Última atualização em 25/07/2017, quando já tinha ido 24 VEZES para San Blas ***

Leia outros posts de San Blas que foram publicados aqui no blog depois deste:

O Arquipélago de San Blas é formado por pequenas ilhas (mais de 360), no mar do Caribe. São aqueles tipos de ilhas que você vê nos desenhos animados (em alguns minutos você pode dar uma volta completa!!). A maioria das ilhas não são habitadas, mas são controladas e pertencem aos índios Kuna. Você pode visitar e dormir em algumas delas! 🙂

“Imagine um arquipélago turquesa com uma ilha para cada dia do ano. Com areia branca e coqueiros (…) San Blas é a casa dos Kunas, um grupo indígena autônomo que gerencia o lugar com mínima interferência do governo nacional.” Trecho do guia de viagem Lonely Planet

Pra te empolgar ainda mais, dê PLAY no vídeo abaixo:

Se isso não é sinônimo de PAZ, não sei mais o que pode ser!! Ir a San Blas me emociona, me arrepia. Mesmo que já tenha estado lá mais de 15 vezes (tento ir pelo menos 1 vez ao mês), sempre que piso meus pés na ilha escolhida (gosto de conhecer uma diferente a cada vez que vou), tenho a sensação de que estou no lugar mais incrível do planeta.

Ilha deserta, índios… Pode até soar muuuuito remoto. Mas a verdade é que é MUITO fácil conhecer, e por conta própria, todas as ilhas que você quiser.

San Blas - Panamá - Isla Nuinudup
Isla Nuinudup – San Blas – Panamá
San Blas - Panamá - Isla Salardup
Isla Salardup – San Blas – Panamá
San Blas - Panamá - Isla Salardup
Isla Salardup (Ilha das Estrelas) – San Blas – Panamá
San Blas - Panamá - Isla Kuanidup
Isla Kuanidup – San Blas – Panamá
Isla Perro Grande - San Blas - Panamá
Isla Perro Grande – San Blas – Panamá
Isla Bidirdub - San Blas - Panamá
Isla Bidirdub – San Blas – Panamá
Piscina de Estrellas - San Blas - Panamá
Piscina de Estrellas – San Blas – Panamá
Isla Perro - snorkel em barco afundado na praia - San Blas - Panamá
Isla Perro – snorkel em barco afundado na praia – San Blas – Panamá
Isla Coco Blanco - uma das melhores opções de hospedagem em cabanas - San Blas - Panamá
Isla Coco Blanco – uma das melhores opções de hospedagem em cabanas – San Blas – Panamá
Green Island - Isla Verde - San Blas - Panamá
Green Island – San Blas – Panamá
green island - isla verde - san blas - panama - sailing boat - veleiro
Infinitas estrelas do mar na selvagem Green Island – San Blas – Panamá
Waisaladup - Pequeña Green Island - San Blas - Panamá
Waisaladup ou Pequeña Green Island – só para nós! (conhecemos com veleiro) – San Blas – Panamá
Isla Fragata - melhores restaurantes - Arquipélago de San Blas - Panamá
Isla Fragata – onde está um dos melhores restaurantes do Arquipélago de San Blas – Panamá
Isla Pelicano - San Blas - Panamá
Isla Pelicano – San Blas – Panamá
Isla Chicheme Chico - San Blas - Panamá
Isla Chicheme Chico – San Blas – Panamá
San Blas com hospedagem em veleiro, com a Sailing Life Experience - Panamá
San Blas com hospedagem em veleiro, com a Sailing Life Experience – Panamá

***

Encontre aqui neste post todas as dicas do Arquipélago de San Blas, no Panamá, também conhecido como Guna Yala ou Kuna Yala. Ilhas desertas na costa do Caribe panamenho. Dicas de como chegar (estrada / carro / agências / transfers / barcos / vôos), onde se hospedar (as melhores opções de ilhas com cabanas ou os melhores veleiros), como é a comida nas ilhas, os banheiros, a higiene, como são os índios Kuna, valores, as ilhas mais bonitas, as praias mais turquesas, e muito mais. 


Acerca del destino

San Blas é pouco conhecido pelos brasileiros (e até mesmo pelos panamenhos), mas quando você for, com certeza, vai encontrar dezenas de europeus. Fica na costa do Oceano Atlântico/Caribe do Panamá, a aproximadamente 100km da capital, Cidade do Panamá (+ a distância em barco até a ilha escolhida).

mapa san blas panama - dicas de viagem

O nome oficial da região é Guna Yala (ou Kuna Yala), e é, desde 1925, uma comarca indígena autônoma, que tem interferência mínima do governo panamenho (tem até fronteira! – não esqueça de levar seu passaporte ou seu documento de residência). E Guna Yala vai muuuito além das ilhas. São também milhares de hectares de florestas intactas. Por ser um território indígena, nada nem ninguém pode investir no local, e os únicos que ganham dinheiro com o turismo ali são os próprios Kunas.

Por causa disso, não espere hotéis bonitões (típicos de Caribe), água quentinha, energia elétrica a vontade, sinal de celular, internet… San Blas é pra quem “não tem frescura”, pra quem aprecia esse tipo de experiência com a natureza e acha o máximo passar alguns dias hospedado em simples cabanas de bambu ou madeira, sendo despertado pelo nascer do sol entrando pelas frestas da sua “casa temporária” em uma ilha quase deserta. Se você é “desses”, bienvenido a San Blas!

Chegando em Isla Pelicano
03 san blas panama isla aguja guna yala - dicas de viagem
Cabana em Isla Aguja
02 san blas panama isla pelicano - dicas de viagem
Artesanato dos Kunas

↑ Volver al inicio del post


Cómo llegar / Donde quedarse

LABEL CHEGANDO NO PANAMA

Copy + Paste do post da Cidade do Panamá :). Clique aqui para ler na íntegra.

O jeito mai fácil é voando de Copa Airlines, que faz vôos diretos saindo de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Porto Alegre e Manaus. A viagem dura de 6 a 7 horas (saindo de Manaus são apenas 4h).

Outra opção fácil é voando Avianca, com rápida conexão em Bogotá, Colômbia (~6h até Bogotá + tempo de aeroporto + 1h30 de vôo).

Ultimamente tenho usado o site da eDestinos para buscar e comprar passagens aéreas e e estou gostando bastante! O site é cheio de ofertas para vários destinos. Clique aqui para acessar.

Para entrar no país não é necessário visto. Apenas passaporte. NÃO ESQUEÇA A CARTEIRINHA INTERNACIONAL DE VACINAÇÃO CONTRA A FEBRE AMARELA – sem esse documento, hoje em dia, você nem EMBARCA para o Panamá.

LABEL CHEGANDO EM SAN BLAS

  • DE CARRO

Na minha opinião, o melhor jeito que há. Apesar de ser fácil, confesso que o caminho não é nada prazeroso. Os 100km estão divididos em 2 partes: 60km de rodovia excelente e 40km de estrada que leva até o terminal de barcos, cruzando as montanhas. Esses últimos 40km são duríssimos: muitas curvas, subidas e descidas. Muitas pessoas passam mal… Mas eu juro pra você: o paraíso vai valer a pena! Tome Dramin antes de ir!! rs.

É tudo asfaltado e não tem perigo algum. O problema são mesmo as curvas e o sobe-desce.

A Cidade do Panamá fica na costa do pacífico, por isso, para chegar do outro lado (costa do Atlântico) é preciso cruzar a “cordilheira” que separa os dois lados. A viagem toda leva umas 2 horas + o tempo de barco, que depende da ilha que você escolher (algumas estão a apenas 15min do terminal, outras a mais de 1h).

O caminho até San Blas
O caminho até as ilhas

Vá com o seu próprio carro (você pode alugar uma camionete em qualquer locadora aqui). Pra ir a San Blas você TEM que estar em uma camionete. Sinceramente, não é tããão necessário assim, a estrada até lá é boa (asfaltadinha e tudo mais), mas os Kunas exigem que você esteja em um carro “grande” pra passar pela “fronteira”.

Nós sempre alugamos o carro através da Rentalcars e funciona perfeitamente. Pesquise aqui.

O aplicativo WAZE funciona muito bem no Panamá! Baixe a rota previamente que funcionará mesmo sem internet/dados no caminho.

O TRAJETO: 

00 como chegar a san blas - parte 1 b

00 como chegar a san blas - - gardi sugdup - niga kantule - carti tupile - panama - parte 2

00 como chegar a san blas - parte 3 - gardi sugdup - niga kantule - carti tupile - panama

>> Recomendo muito que você já vá a San Blas com tudo combinado certinho com um barqueiro. Assim ele já estará esperando por você no terminal informado para te levar para a ilha. <<

Contatos de barqueiros (utilizo o serviço dos dois com muuuita frequencia e nunca tive problema algum. Recomendo!):

. Eloisa Hermanas Places
Cel: +507 6078-0692 / +507 65256039
Facebook: clique aqui

A Eloisa é a melhor de todas (juro, já testei mais de 10 barqueiros diferentes… Ela é a mais organizada e “ponta firme” com os passageiros. Além de me conhecer pessoalmente e ser muito grata a tantos leitores que já usaram o serviço dela por causa do blog. Portanto não esqueça de mencionar que pegou a dica no blog da Lala Rebelo).

Se ela não estiver disponível, também gosto bastante do:

. Fidelio Morris
Cel: +507 6119-9584
Facebook: /fidelio.morris

Você pode falar com ambos por WhatsApp. Fica mais fácil de entender! 😉

Se preferir ir sem barqueiro arranjado, é possível conseguir um lá mesmo. No final da estrada asfaltada, vire a direita seguindo as placas de “Gardi Sugdup”, que é o terminal mais conhecido. Há uma “oficina” (escritório) dos Kunas (foto abaixo), onde você pode contratar o barco. Às vezes, arranjar na hora o barqueiro pode sair mais caro do que combinando previamente.

05 oficina kuna yala san blas - gardi sugdup - como chegar

Não se assuste ao chegar no porto/terminal e vir a água do mar completamente MARROM! Você não está no lugar errado!! hehe. É só chegando nas ilhas que a água fica bem bem clarinha.

08 SAN BLAS GUNA YALA - como chegar - dicas
Barcos no terminal Carti Tupile
08 isla perro SAN BLAS GUNA YALA - como chegar - dicas
Barco chegando na Isla Perro – olha como muda a cor da água!! Nem parece o mesmo lugar!

Para voltar da ilha, é só combinar com seu barqueiro a hora que ele deverá te buscar (geralmente em torno das 15h). Os barqueiros confiáveis sempre aparecem! Fiquem tranquilos! 🙂

  • DE AVIÃO

Você também pode chegar a San Blas de avião, voando com a Air Panama, saindo da capital (Aeroporto de Albrook – PAC) rumo ao aeroporto El Porvenir, Guna Yala (PVE). O avião é beeeem teco-teco e a viagem dura em torno de 20 minutos. Eu nunca voei até lá porque sempre achei que o perrengue da estrada é mais prático do que o trâmite de aeroporto. Ao chegar no aeroporto de El Porvenir, você pegará um barco que te levará à ilha escolhida. Combine com o barqueiro o horário de chegada e o trajeto (e vá avisando caso haja atrasos).

voo san blas guna yala - airpanama - como chegar
Aviãozinho sobrevoando San Blas, Isla Iguana
  • DE VELEIRO

Uma outra forma de conhecer San Blas que me atrai muuuuito – contei tudo aqui neste post 😉 Geralmente este tipo de experiência acaba sendo até mais cômoda do que dormir nas cabanas. O passeio de veleiro normalmente dura dois ou três dias (ou mais, depende de você!) e inclui hospedagem (no próprio barco), comidas e bebidas a bordo, água doce, capitão, marinheiro e a possibilidade de conhecer várias ilhas em uma única ida a San Blas.

A empresa Sailing Life Experience funciona como um “booking.com” de barcos que navegam na região. Recomendo muito, super de confiança. Eles podem encontrar o barco ideal pra você. Leia mais aqui.

Atualização em julho/2017 – Depois de já ter vivido San Blas 3 vezes a bordo de um veleiro, cheguei a conclusão de que é uma experiência MUITO superior. Não pelo conforto, mas sim pelas ilhas que cheguei dessa maneira. São realmente lugares sem turistas, ainda com a verdadeira essência Kuna. Ilhas completamente vazias, tomadas por estrelas do mar. Mágico!

Recomendo reservar com a Sailing Life Experience (info@sailinglifeexperience.com /// +34 677865419) por causa de todo o suporte que a Marina dá. Ela já viveu anos em San Blas a bordo de um outro veleiro e conhece TUDO.

*** Atualização *** Nos próximos meses a própria Marina da Sailing Life Experience também estará navegando por San Blas com o capitão Lorenzo, a bordo do veleiro Corto II!! Super experiência. Recomendo muuuuuito!!!! Não perca essa chance de explorar San Blas com eles!!!

San Blas em veleiro | foto: divulgação Sailing Life Experience

LABEL AZUL DICAS EXTRAS

ATENÇÃO!

> Não esqueça de levar seu PASSAPORTE. Como se trata de um território autônomo indígena, no meio da estrada existe uma “fronteira” (posto do Congreso General Guna e posto do Servicio Nacional de Fronteras do Panamá – SENAFRONT) e eles vão pedir para vê-lo (residentes/locais podem levar apenas o carnet de residência).

> Vá com bastante dinheiro em CASH (eles AINDA não aceitam cartão de crédito! rs). Se for apenas passar o dia, uns 150 dólares por pessoa (leve trocado) é o suficiente. Os custos somam, em média, uns 70 dólares por pessoa para passar o dia (sempre bom levar um pouco mais, para imprevistos).

[US$20 por estrangeiro/US$5 por residente/US$5 por carro para entrar na comarca + US$5 de estacionamento para o carro + US$2 por pessoa dentro do carro + US$35 por pessoa no barco, valor depende da negociação e da distância da ilha escolhida, + US$3 por pessoa para entrar na ilha, algumas ilhas cobram mais, outras menos // não inclui comidas/bebidas]

Se for para DORMIR, some também o valor das diárias, que deverá ser pago ao chegar na ilha.

> Leve DINHEIRO “TROCADO”, pois você paga cada coisa para diferentes pessoas, em diferentes lugares.

> A única REDE DE CELULAR que funciona em qualquer lugar de San Blas (e na estrada) é a da + Móvil. Se não quiser ficar desconectado durante toda a sua estadia, compre um chip pré-pago antes de ir. Vende em vários lugares na Cidade do Panamá (tem lojas também nos shoppings).

> Se não quiser ir com o próprio carro e quiser de qualquer jeito contratar uma AGÊNCIA DE TURISMO para te buscar no hotel, levar a San Blas e trazer de volta, a Eloisa (barqueira indicada acima) também agiliza todo esse serviço (só combinar com ela por WhatsApp). Há muitas agências que oferecem passeios para San Blas. Não costumo indicar esse serviço porque os carros sempre vão lotados e os motoristas correm demais. Então acaba todo mundo passando mal na estrada. Melhor mesmo é alugar seu carro e ir por conta própria!

Quando você reserva sua hospedagem diretamente com as ilhas (por exemplo, a Coco Blanco) eles mesmos podem se encarregar do transporte terrestre e do barco. Não esqueça de cotar. O mesmo com os veleiros, a própria Sailing Life Experience já organiza a parte terrestre, para te buscar no hotel, e a lancha que te levará até o veleiro.

Só combine com motoristas e barqueiros que tiver recomendações (daqui, de hotéis ou de outros blogs e sites confiáveis). Anote todos os contatos (nomes, telefones etc.), tire até foto das pessoas e carros, se precisar! Tenha certeza de que não vão te deixar pra trás (infelizmente, acontece… Falta seriedade e responsabilidade em muita agência que trabalha com San Blas! Nós já resgatamos um casal de suíços esquecidos). Eloisa e Fidélio são “ponta firme”! rsrs

> O caminho de barco nem sempre é muito agradável. Depende das condições do mar no dia e da “habilidade” e responsabilidade do barqueiro, mas muitas vezes está bem “picado”. Se tem medo ou se enjoa fácil, escolha ir a uma ilha mais próxima do terminal. Eu sempre levo toalhas ou uma almofadinha para sentar em cima caso pule um pouco.

> Pode parecer uma dica besta, mas eu adoooooro. 😀 Algumas ilhas de San Blas tem o mar tão tão calmo que é perfeito para ter uma BÓIA e ficar, ahm…. Boiando! hehehe. Eu sempre levo a minha!!

Eu e a minha bóia :D
Eu e a minha bóia 😀

↑ Volver al inicio del post


Comer y beber

Algumas ilhas possuem restaurantes e lanchonetes (muuuuuito básicos) mas a maioria não tem absolutamente NADA para vender, ou quando têm, se estão muito cheias, comidas e bebidas podem acabar (estamos falando de pequenas ilhas controladas por índios no meio do “nada”). Por isso, recomendo SEMPRE levar um cooler com bebidas, sanduíches, salgadinhos... Enfim, o que você julgar básico e o suficiente para “sobreviver por um ou dois dias” rs.

Geralmente as ilhas que têm hospedagem trabalham com o sistema “all inclusive”, com café da manhã, almoço e jantar incluídos no preço da hospedagem (bebidas a parte). Não espere um mega banquete, heim? Os pratos são sempre muito simples e muito parecidos: arroz + salada + peixe ou frango (frito, assado ou ensopado) no almoço e no jantar. No café da manhã: omelete + Nescafé com leite.

Almoço na Isla Iguana
Almoço na Isla Iguana

Fique de olho na praia porque sempre aparece um barquinho vendendo lagostas e caranguejos enoooormes, que você pode comprar e pedir para os Kunas prepararem pra você!

kuna yala lagostas san blas

Bom, transporte arranjado, dicas anotadas, comida organizada… Depois disso, você só precisa escolher sua ilha (não é uma escolha fácil!! Pois são todas maravilhooosas!!), e aproveitar o paraíso!

↑ Volver al inicio del post


Qué hacer

LABEL ILHAS

Enfim, ELAS (algumas, afinal, são muuuuitas…)!
Estão organizadas aqui por ordem de “distância do terminal de barcos”, da mais próxima à mais distante. O nome entre parênteses é a versão em Kuna.

Bem pertinho do terminal (a primeira das ilhas destinadas ao turismo), a poucos minutos de barco (aprox. 15). É a ilha com mais estrutura de todas: píer para chegada de barcos, vários banheiros, restaurante, cabanas para hospedagem e espaço para camping. Devido à proximidade com o continente e a boa infra-estrutura, é a mais lotada de todas. É uma ilha bem linda, mas devido à quantidade de pessoas, não consigo achar que ela tenha a “cara de San Blas”, que pra mim está muuuuito ligada à ideia de ilha deserta! Ideal para quem vai com crianças. Evite ir nos finais de semana.

01 isla aguja san blas panama kuna yala dicas viagem

06 isla aguja san blas panama kuna yala dicas viagem

07 isla aguja san blas panama kuna yala dicas viagem

04 isla aguja san blas panama kuna yala dicas viagem

08 isla aguja san blas panama kuna yala dicas viagem

Também fica bem pertinho do porto (a segunda ilha de turismo, logo depois da Aguja), a apenas 15-20 minutos de barco, só que beeeem mais vazia. Mas eu, sinceramente, não gostei muito da Anzuelo (a única até hoje que não gostei muito). Muitas árvores fazendo sombra (o que a torna muito escura), muitos pelicanos sobrevoando (inclusive um fez cocô em cima de mim – eeeeca!! Será que é sorte?! MUITA sorte?!?!!) e o mar também não é tão turquesa devido a quantidade de pedras em volta.

01 isla anzuelo san blas panama kuna yala

Uma das minhas preferidas (e a que eu já fui mais vezes), pois é pertinho (a 3ª ilha, logo após a Anzuelo), a apenas 20 minutinhos de barco. O mar é lindíssimo, a ilha tem um tamanho bom (nem muito pequenininha nem grande demais), é beeem mais vazia que a Aguja e os índios de lá são bem simpáticos. É uma das melhores opções para dormir em San Blas, seja em cabanas (uma das melhores do arquipélago) ou em barracas/camping.

A velocidade com que a Isla Iguana vem se desenvolvendo é surpreendente. Em fevereiro do ano passado (2014) dormimos lá e eram apenas 3 cabanas de bambu e palha. Em julho voltamos e já tinham construído vários bangalôs de madeira com varanda e vista para o mar. Os banheiros ainda ficam fora dos dormitórios (coletivos), mas os Kunas de lá disseram que em breve construirão “suítes”. Acho que um dia vou chegar lá e vai ter até piscina com borda infinita!! hahaha.

Todas as vezes que dormi em San Blas, me hospedei na Iguana. Energia elétrica moderada (nas cabanas e no restaurante, a noite), água doce (na verdade, salobra) e fria, para banhos rápidos. Uma ilha, né?! Faz parte!

Custa por volta de US$50 por por pessoa por noite (café da manhã, almoço e jantar incluídos). Para reservar, ligue: +507 6520-2500 / +507 6807-2764 / +507 6056-8943 (falar com Luis ou Flor). Acesse o site da ilha.

*** Atualização ***
No momento a ilha se encontra fechada. Comentei outras opções de hospedagem aqui.

01 isla iguana san blas panama kuna yala

04 isla iguana san blas panama kuna yala

02 isla iguana san blas panama kuna yala

03 isla iguana san blas panama kuna yala

09 isla iguana san blas panama kuna yala
A postos para o por do sol
Por do sol
Sunset
Nascer do sol
Nascer do sol na ilha… Fantástico!
Nossa cabana na 1ª ida
Nossa cabana na 1ª ida
Nossa "casa" na Isla Iguana, na 2ª ida - upgrade!
Nossa “casa” na Isla Iguana na 2ª ida – upgrade! Temos varanda e rede particular!!

14 isla iguana san blas panama kuna yala

  • Isla Hierba

Descobrimos essa ilha por acaso, em um dia que íamos a Isla Perro mas, ao chegar, estava tããão lotada que pedimos ao nosso barqueiro (Fidélio) para nos levar a alguma outra em que não houvesse NINGUÉM! E assim fomos parar na Isla Hierba. Éramos eu, meu marido, um índio e duas índias que não falavam NADA de espanhol. Os corais dessa ilha eram simplesmente fantásticos. Fizemos um mergulho de snorkel belíssimo. Mas nunca mais ouvimos falar de lá e, segundo o Fidélio, é uma ilha fechada para turistas (abriram uma exceção naquele dia). Pergunte ao seu barqueiro… Quem sabe ele não se anima e te leva lá?!

01 isla hierba san blas panama kuna yala

02 isla hierba san blas panama kuna yala

Também chamada de Perro Chico (pois há também a Perro Grande), é a mais famosa das ilhas do arquipélago e o motivo é claro: simplesmente MARAVILHOSA. Com certeza, o mar mais azul turquesa e o mergulho mais lindo (não esqueça de levar seu snorkel, pois há um barquinho afundado na praia, repleto de corais). Claro que sendo a mais linda, não ficaria deserta, né?! Só gosto de ir a Isla Perro quando não é fim de semana ou se for bem bem cedo, pois sua área de praia é bem pequena (e ainda colocaram uma rede de vôlei), ou seja, turistas amontoados. Fui em uma sexta-feira e foi perfeito! Quase ninguém. Para chegar lá, a viagem de barco leva em torno de 40 minutos.

A ilha tem várias cabanas. Clique aqui para reservar a sua hospedagem na Isla Perro.

isla perro san blas panama kuna yala

isla perro san blas panama kuna yala
Em uma sexta-feira em Isla Perro. Beeem mais vazia!
isla perro san blas panama kuna yala
foto: Leo Leiner
isla perro san blas panama kuna yala
Corais na Isla Perro – lindo mergulho de snorkel!

isla perro san blas panama kuna yala

  • Isla Pelicano

[Foto de capa do post]
Uma das minhas queridinhas. Fica longe do terminal, logo atrás da Isla Perro (uns 45 min de barco), só que BEM mais vazia. É aquela ilha típica de desenho animado: pequenininha, redondinha, muita areia branca e algumas palmeiras no meio. Não tem NADA de estrutura, além de uma cabana dos próprios Kunas donos da ilha. Leve cooler com lanches e bebidas. Se quiser dormir por lá, só pedindo autorização e pagando pra montar sua barraca na areia. Nem banheiro tem, mas para um passeio de um dia, tá valendo! O mar é absurdamente turquesa, chega até a arder nos olhos.

san blas panama isla pelicano kuna yala

san blas panama isla pelicano kuna yala

san blas panama isla pelicano kuna yala

san blas panama isla pelicano kuna yala

san blas panama isla pelicano kuna yala

san blas panama isla pelicano kuna yala

  • Isla Chicheme (Weindup) 

Já bem mais distante, a 50 minutos de barco do terminal, Chicheme é simplesmente maravilhosa. Na verdade, são duas ilhas: a Chicheme Grande e a Chicheme Chico, uma em frente da outra.

A Chicheme Grande é de fato beeem grande, muito maior do que a maioria das ilhas do arquipélago (uma volta completa leva uns 25 minutos, enquanto nas outras, em menos de 10, você já rodou tudo). É uma boa opção de hospedagem e atrai muitos veleiros que navegam por essa zona do mar do Caribe.

Já a Chicheme Chico é bem menor, mas não tão pequenininha como a Isla Pelicano. Não tem estrutura alguma: nada de restaurantes, banheiros, turistas… Nada nada! Apenas a família de Kunas, que pouco fala espanhol, muitos coqueiros e um mar B-E-L-Í-S-S-I-M-O!

Falando em mar, isso é o que há de mais lindo em Chicheme. Parece até que foi pintado! 50 tons de azul é até pouco. O que mais gostei nessa ilha é que há uma enorme faixa de mar que é bem bem rasinha (assim, pra sentar e ficar conversando) e a temperatura quentiiinha. Adorei!

isla chicheme san blas kuna yala panama dicas

DSC_9503

DSC_9554

DSC_9541

DSC_9491

DSC_9455

DSC_9447

DSC_9576

DSC_9595

DSC_9605

  • Piscina de Estrellas

Esta não é uma ilha e sim um banco de areia no MEIO do mar profundo, com água até a altura do joelho, cheio de estrelas do mar. Faz parte da maioria das rotas de passeios que vão a San Blas. A visita à piscina é bem rapidinha, dura em torno de 20 minutos, mas é bacana de conhecer caso seja sua primeira vez no arquipélago.

piscina de estrellas san blas panama kuna yala 2

piscina de estrellas san blas panama kuna yala

Com apenas 8 cabanas, com piso de madeira e paredes de bambu, com banheiro privativo, é uma excelente opção de hospedagem. A ilha é linda, mas é exclusiva para hóspedes. Reserve aqui.

Depois de ir 24 VEZES a San Blas, conheci muuuuitas ilhas além dessas, que são as mais turísticas. Fui a algumas completamente selvagens, só para nós!! Maravilhoooosas!! Como Salardup, Green Island… Até a Perro GRANDE (irmã da Isla Perro Chico, famosíssima) é muito mais bonita. Contei tudo em detalhes nesse outro post aqui.

LABEL DORMIRVocê pode ir a San Blas para passar apenas o dia (para isso, você tem que sair do seu hotel por volta das 5 da manhã). O barqueiro vai te buscar na ilha no máximo às 16h, pra te levar de volta para o terminal. Eu geralmente faço esse bate-volta mesmo! Parece cansativo, mas vale cada segundo.

Mas se você gosta da ideia de ter uma experiência de dormir em uma ilha deserta e ver o nascer e o por do sol, assim, sentadinho na areia, em um lugar super rústico de natureza quase intocada, aproveite a oportunidade. Eu simplesmente AMEI!!!

Como você leu aqui, são várias ilhas com cabanas de todos os tipos e preços (e ainda tem um montão que não conheci), e várias outras que você pode chegar com sua barraca e acampar.

Se na sua viagem ao Panamá você tiver disponibilidade para dormir 1 noite nas ilhas, recomendo muito. Se o tempo for curto, passe pelo menos o dia. O importante é não deixar de conhecer esse paraíso Kuna.

LABEL AZUL QUANDO IR

Melhor época para ir? Entre os meses de dezembro a março , que é a TEMPORADA SECA, com pouca probabilidade de chuva e muito sol e céu azul (que é o que ajuda a água parecer ainda mais turquesa). Masss…. já fui em TODOS os meses do ano, e dei sorte na maioria das vezes também. Por exemplo, nossa última ida foi no final de junho e pegamos um dia bem ensolarado, a bordo do veleiro El Tranquilo. Acho melhor, se for fora da “melhor época” se programar para ficar ao menos duas noites e ter mais chances de “abrir sol”.

Se for dormir em cabanas, recomendo 1 ou 2 noites. Se for dormir em veleiro, recomendo 2, 3 ou 4.

/////

E aí? Gostou? Ficou com vontade de conhecer esse paraíso mais do que exótico?
Você vai AMAR San Blas. É um tipo de experiência rara de se viver hoje em dia.

Tem outros dois posts no blog com muuuuito mais informações de San Blas! Acesse:
lalarebelo.com/GuiaSanBlas
lalarebelo.com/sanblas-veleiro

Qualquer dúvida, comente abaixo que respondo tudo.

Como vocês devem ter percebido, eu simplesmente AMO esse lugar. Vou SEEEEMPRE que posso!! Apesar de sempre passar mal na estrada, passar muito tempo no barco, ter que fazer sanduíche, levar cooler cheio, acordar as 5h da manhã etc etc. é um paraíso que faz QUALQUER esforço valer a pena. DEMAIS!!! Sou muito grata por ter isso tão perto da minha casa.

/////

Este post NUNCA estará finalizado… Afinal, a cada ida volto com mais dicas e milhares de fotos lindas. Estarei sempre atualizando o blog com novas descobertas. Não deixe de acompanhar!

E para ir vendo fotos em tempo real das idas a San Blas, acompanhe pelo instagram a hashtag #lalaemsanblas.

Adiós!! Ou melhor, Takeimalo, em Kuna! 🙂

Beijos,
Lala Rebelo

(Follow me on Instagram! @lalarebelo)

*** ASSISTÊNCIA MÉDICA INTERNACIONAL ***

Já tem seguro de saúde internacional? Sempre fecho o meu pela REAL Seguros, que compara preços de diversas seguradoras. Já precisei usar uma vez, e deu tudo certo. Clique aqui para fazer uma cotação. Após compra online, a apólice chega por email em minutos.

san blas panama isla pelicano kuna yala

Vai para o Panamá? Aproveite para conhecer mais do país:

E por que não aproveita para conhecer mais destinos incríveis da América Central?

↑ Volver al inicio del post

Comentários