Carnaval com Fidel

Dicas de Havana – Cuba

De volta para o passado

Encontre aqui nesse post todas as dicas de Cuba e sua capital Havana, por quem já foi várias vezes à cidade! 🙂 Dicas de hotéis em Habana Vieja (como o Hotel Saratoga e o Hotel Santa Isabel, entre outros), os melhores bares e restaurantes, dicas de passeios, o que fazer, guia, que dinheiro levar, roteiro detalhado para cada dia e muito mais. Saiba também como chegar (melhores opções de vôos), clima e melhor época para ir, quantos dias ficar, visto e um pouquinho das praias lindas do país, como Varadero, que está pertinho de Havana.

***

Cuba é o destino ideal para quem gosta de fazer uma viagem mais cultural, em um lugar cheio de histórias incríveis, e ao mesmo tempo curte um tempo de relax total, com praia, sombra, água fresca (e azul turquesa) e muita, muita preguiça.

Escrevo hoje sobre uma viagem de 4 DIAS a Havana, capital desse país caribenho alegre, curioso e que está se abrindo para o mundo!

***

Se você imagina que Cuba é uma ilhotinha pequena, saiba que é maior do que muito país europeu e tem uma população de mais de 11 milhões de habitantes. É a maior ilha do Caribe e está a apenas 145km dos Estados Unidos.

dicas de cuba e havana - mapa - onde fica cuba

A primeira coisa que você pensa quando chega em Cuba é “VOLTEI NO TEMPO”. E conhecer Havana é OBRIGATÓRIO para entender de fato o que tem “por trás disso tudo”. Uma dica que dou é: se você quer conhecer Cuba justamente para viver esta “experiência nostálgica”, VÁ LOGO!

Fomos no Carnaval de 2013 e voltamos um ano depois (e também em 2016). Muita coisa já está mudada! Como, por exemplo, a imigração no aeroporto (antes eram cabines fechadas, apenas você e o agente da polícia – que medo que dava! rs! – e hoje já está tudo aberto, como nos aeroportos comuns) e também a facilidade dos cidadãos para comprar produtos (já tem supermercado, marcas internacionais e muito mais.). O país, governado desde 2008 pelo irmão de Fidel, Raúl Castro, está cada vez mais aberto.

Mas Habana Vieja continua lá, um verdadeiro museu a céu aberto.

dicas de cuba e havana - mapa - paseo del prado
Grande Teatro de Havana com Capitólio ao fundo – Paseo del Prado | foto: Lala Rebelo
dicas de cuba e havana - mapa - paseo del prado
Cinema Payret (de 1897) em Habana Vieja – Paseo del Prado | foto: Lala Rebelo

Viajar para Havana te faz pensar o tempo todo… Você passa metade do seu dia curtindo o socialismo e a outra metade do dia, o capitalismo (pelo menos, comigo foi assim). Uma viagem de reflexão. Então, o legal de viajar pra Cuba é isso: se abrir para aprender coisas novas, ouvir, debater… Sem preconceitos.

Conversar com cubanos é um programa bem legal. Principalmente com os mais velhos, que vivenciaram a Revolução. Geralmente estes são defensores do socialismo. Pergunte sobre o sistema, a moeda local, tudo o que puder! Conversamos também com jovens (motoristas de “taxis-triciclos”) e estes não gostavam nada do socialismo e do fato de não serem livres para viajar e se mudar para onde bem entenderem.

>> Cuidado com alguns cubanos que vão te abordar. Sempre querem te vender um super charuto por um preço que não pode ser real ou querem te levar a algum lugar, seja para conhecer uma “cooperativa de charutos” ou para assistir danças de um festival local (coisas que eles dizem ser uma oportunidade única, pois só acontece naquele dia. O que não é verdade. Fomos abordados nos 4 dias e sempre era “só hoje”). Na primeira vez, confesso que “caímos” por curiosidade e nos levaram a um lugar BIZARRO. Cuidado, gente! <<

Apesar disso, a sensação de segurança que você tem em Havana é IMPRESSIONANTE. Mesmo em algumas ruas mais feias e escuras, você sentirá bem menos medo do que no Brasil (essa foi a minha sensação e de outros amigos). Fique tranquilo. O índice de criminalidade em Cuba é baixíssimo. Óbvio que você deve tomar os cuidados básicos e não dar bobeira.

Vai para Cuba? Então leia também:

onde ficar havana cuba hotel saratoga
Hotel Saratoga, um dos melhores de Havana – Cuba. Vista para o Capitólio! | foto: Lala Rebelo

Sobre o lugar

02-3 label historia

Em 1952, o sargento Fulgencio Batista deu um golpe de estado e, com o apoio dos Estados Unidos, seu governo se tornou uma ditadura violenta, que não se importava com as necessidades do povo. Cuba estava se tornando uma “ilha do prazer” norte-americana, famosa por suas músicas, prostitutas, charutos, bebidas e jogo.

Para combater a ditadura, surgiu um movimento revolucionário liderado por Fidel Castro, Ernesto “Che” Guevara e Camilo Cienfuegos e, em 1959 (depois de muitos combates e muitas tentativas, claro), o ditador Batista foi deposto. Este movimento também resultou na implantação do socialismo e, alguns anos depois, no rompimento de relações com os Estados Unidos.

03 Cuba habana vieja havana feria de libros revolucion - dicas de viagem havana
Álbum da Revolução sendo vendido na feira de livros na Plaza de Armas

*** ASSISTÊNCIA MÉDICA INTERNACIONAL ***

Eu nunca viajo sem seguro de saúde internacional. Sempre faço o meu pela REAL Seguros e recentemente precisei usar e fui super bem atendida. Clique aqui para fazer uma cotação. Após compra online, a apólice chega por email em minutos.

↑ Voltar ao começo do post


Como chegar / Onde ficar

LABEL VOOS

Para chegar em Havana mais facilmente, você pode voar por duas cias aéreas:

Uso o site da eDestinos para pesquisar e comprar passagens aéreas e gosto bastante! O site é cheio de ofertas para vários destinos. Clique aqui para acessar.

LABEL VISTO

Brasileiros precisam de VISTO para entrar em Cuba. Mas tirar o visto de turismo cubano é super fácil (ainda bem!). Nós tiramos no próprio aeroporto, na hora de fazer o check-in com a Copa Airlines em São Paulo (mas acredito que não são todas as cias aéreas que oferecem este serviço, portanto, informe-se bem. Ligue na empresa aérea que vai voar.).

Você também pode obtê-lo através do serviço consular (leia aqui) ou comprá-lo em agências de turismo credenciadas pelo governo cubano. Para o visto ser concedido, você tem que ter passaporte válido, passagem aérea de ida e volta e reserva de hotel.

Para ir do aeroporto ao hotel, você pode pegar um taxi na porta do aeroporto ou contratar um transfer/motorista. Indico muito o Sr. Agustin de La Osa Reyes (que de quebra, já é um super guia). É de extrema confiança!! Pode combinar com ele pelos telefones +53 47 384083 / +53 5 2644735 ou pelo email delaosa@nauta.cu.

LABEL DINHEIRO

Moedas Cubanas: CUP para locais // CUC para turistas

A moeda oficial de Cuba é o Peso Cubano (CUP). O CUP é usado pelos cidadãos e vale muito muito pouco (cerca de 25x a menos que o Dólar Americano). Mas existe também o CUC (que é o Peso Convertible), que é a moeda para os turistas, que equivale mais ou menos a 1 Dólar Americano.

>> Uma dica importante: se você for levar dinheiro para trocar lá (que foi o que fiz) leve EUROS e não DÓLARES. Pois no câmbio de dólar é aplicado um imposto de 10%, o que não acontece no câmbio de Euro. Ou seja, levando Euros seu dinheiro valerá mais CUCs. Troque nas casas de câmbio que se chamam CADECA (estão por todos os lados, inclusive no aeroporto), pois são as casas oficiais do governo. <<

Alguns lugares já aceitam cartões de crédito, mas achei muito muito restrito (e se for de banco americano então… esquece!! Pelo menos era assim na época que fui). Por isso, é melhor garantir dinheiro em CASH o suficiente para toda a sua estadia no país.

LABEL HOTEIS

Existem vários hotéis grandes e “famosos” em áreas afastadas do centro, como por exemplo, o Hotel Nacional de Cuba, que é até um ponto turístico da cidade (você pode ir visitá-lo e conhecê-lo inteirinho mesmo se não estiver hospedado lá). Mas eu indico se hospedar em HABANA VIEJA. É onde tudo acontece! Ficar hospedado lá é vivenciar de fato uma história do passado. É se sentir em um filme de época. E também fica pertinho da maioria dos pontos turísticos e de ótimos restaurantes. 😉

Aqui vão algumas sugestões de hotéis:

Este foi o hotel em que ficamos hospedados e recomendo muito. Fica no Paseo del Prado, principal avenida de Habana Vieja, vizinho de “parede” do Gran Teatro de Habana e do Capitólio. O hotel é MUITO antigo (1875), porém muito conservado. Tem aquele tipo de decoração que o faz parecer um hotel de luxo que ficou parado no tempo. Eu, particularmente, gosto de viajar e vivenciar coisas bem “características” de cada lugar. E este hotel é exatamente a imagem que tinha de uma Havana do passad. Sem falar que o preço também era ótimo (algo em torno de 60 euros). Reservamos pelo próprio site do hotel.

04 hotel inglaterra - onde se hospedar em havana - dicas de viagem cuba

01 hotel inglaterra - onde se hospedar em havana - dicas de viagem cuba

02 hotel inglaterra - onde se hospedar em havana - dicas de viagem cuba

Terraço do Hotel Inglaterra | Vista linda da cidade. Ao fundo: Gran Teatro de Habana & Capitólio
Terraço do Hotel Inglaterra | Vista linda da cidade. Ao fundo: Gran Teatro de Habana & Capitólio
Pátio onde é servido o café da manhã
Pátio onde é servido o café da manhã

06 hotel inglaterra - onde se hospedar em havana - dicas de viagem cuba

Tão bem localizado como o Hotel Inglaterra (são vizinhos!), no Paseo del Prado. Está super reformadinho. Achei lindo e bem “característico” de Havana. É também uma ótima opção de hospedagem com diárias em torno de 60 euros. Reserve aqui.

07 hotel telegrafo - onde se hospedar em havana - dicas de viagem cuba

Este é um hotel bandeira Mercure (rede Accor). Um hotel tradicional em Havana (até Al Capone já se hospedou lá! rs), de arquitetura belíssima. Também muito bem localizado, próximo ao Paseo del Prado (em uma rua lateral chamada Trocadero). Tem piscina (no térreo) e um restaurante bem recomendado no último andar. Diárias em torno de 100 euros. Queria ter me hospedado lá na primeira vez que fui, mas já estava lotado (é bem disputado! Maravilhoso!). Reserve aqui.

Entrada do hotel Sevilla | foto: logitravel.pt
Entrada do hotel Sevilla | foto: logitravel.pt
foto: logitravel.pt
foto: logitravel.pt

Hotel boutique gracinha que fica em uma área diferente dos outros hotéis acima, mas também em Habana Vieja e em uma zona histórica e turística: Plaza de Armas. LINDÍSSIMO!! Fui conhecer e amei. Reserve aqui.

10 hotel santa isabel plaza de armas - onde se hospedar em havana - dicas de viagem cuba

Assista ao vídeo abaixo… Músicos na entrada do Hotel Santa Isabel (Plaza de Armas) – desculpa pela tremedeira da filmagem!! rsrs:

Como já falei anteriormente, este hotel é MEGA famoso, super turístico. É onde os americanos se hospedavam antigamente (antes de Fidel). Meu marido já ficou hospedado lá e não viu “nada de mais”. Os quartos são bem simples e bem pequenos. Sem falar que está afastado do centro antigo, então para fazer turismo tem que acabar pegando taxi. O que é bonito mesmo no Hotel Nacional de Cuba é o edifício em si, a fachada, o jardim e a vista. E você pode conhecer isso tudo sem se hospedar lá. Faz parte de um dos passeios que vou sugerir aqui. Se fizer questão de se hospedar lá, reserve aqui.

11 hotel nacional malecon - onde se hospedar em havana - dicas de viagem cuba

(atualização em 30/11/15)

Recentemente nos hospedamos nesses dois hotéis e adoramos. Os dois são mais luxuosos que todos os outros citados acima (e mais caros também). Ambos hotéis são lindos, antigos porém bem conservados, quartos espaçosos, café da manhã excelente e super piscinas no rooftop com vista para o Capitólio.  A maior diferença entre os dois é que o Saratoga, além de ser um pouquinho mais refinado (+ boutique), tem internet wi-fi “a vontade”, enquanto no Iberostar é necessário comprar um cartão para logar etc. Na minha opinião, o Saratoga é o MELHOR HOTEL DE HAVANA. Reserve aqui.

Piscina do Hotel Iberostar Parque Central em Havana - Cuba
Piscina do Hotel Iberostar Parque Central em Havana – Cuba
Lobby do Hotel Iberostar Parque Central em Havana - Cuba
Lobby do Hotel Iberostar Parque Central em Havana – Cuba
Piscina do Hotel Saratoga em Havana - Cuba
Piscina do Hotel Saratoga em Havana – Cuba
Lobby/bar do Hotel Saratoga em Havana - Cuba
Lobby/bar do Hotel Saratoga em Havana – Cuba

::: Depois de ter voltado algumas vezes a Cuba, fiz um outro post aqui no blog apenas com dicas de hotéis e restaurantes em Havana. Clique aqui para acessar.

dicas de hotéis em havana cuba

↑ Voltar ao começo do post


Comes e Bebes

Havana me surpreendeu bastante com sua culinária. Comemos muito bem na cidade! E claro, bebemos muito bem também! 😀

Dois dos pratos típicos: moros y cristianos (arroz com feijão misturado) & ropa vieja (carne desfiada cozida). Comer as duas coisas juntas é delicioso. Também se come muito frango e mariscos. Drinks típicos todo mundo já sabe: mojitos e daiquiris. Hummmmm….

Eu ADOREI este lugar. É onde Ernest Hemingway costumava tomar seus mojitos. Também, não é pra menos: La Bodeguita del Medio tem o melhor MOJITO de Cuba. A área do bar é BEM cheia e apertadinha. Não deixe de ir comer no restaurante (e não ficar apenas na área do bar). O prato de moros y cristianos con ropa vieja de lá é uma delícia. E o lugar tem TODAS as paredes rabiscadas por turistas. Encontre um espacinho e deixe sua marca por lá!

Calle Empedrado, 207 | Entrada de La Bodeguita del Medio
Calle Empedrado, 207 | Entrada de La Bodeguita del Medio

13 La Bodeguita del Medio - restaurantes e bares de Havana Vieja - dicas de viagem CUBA

O famoso mojito
O famoso mojito
Restaurante da Bodeguita
Restaurante da Bodeguita

15 La Bodeguita del Medio - restaurantes e bares de Havana Vieja - dicas de viagem CUBA

17 La Bodeguita del Medio - restaurantes e bares de Havana Vieja - dicas de viagem CUBA

O Floridita, apelidado de La Cuna del Daiquiri, é outro clááássico da capital cubana. Conhecido por ter o melhor DAIQUIRI do país (bebida feita com rum, suco de limão e açúcar), também era um dos bares queridinhos do escritor Ernest Hemingway. O lugar tem aquele estilão cubano (o tal do luxo decadente – tipo Hotel Inglaterra) e um ambiente bem agradável. Além de bar, é também restaurante. Parada obrigatória na sua visita a Havana.

20 El Floridita - restaurantes e bares de Havana Vieja - dicas de viagem CUBA

E o famoso daiquiri!
E o famoso daiquiri!
Olha só quem encontramos por lá... José de Abreu!
Olha só quem encontramos por lá… José de Abreu!

22 El Floridita - restaurantes e bares de Havana Vieja - dicas de viagem CUBA

José de Abreu e escultura de Ernest Hemingway
José de Abreu e escultura de Ernest Hemingway

Pra mim, o jantar no La Guarida foi um dos pontos mais altos de toda a viagem. Que lugar FANTÁSTICO! Ao chegar no endereço do restaurante, uma rua vazia e abandonada, você pensa que está no lugar errado. A entrada é por uma porta imensa e não existe “nada” do lado de dentro (uma mansão antiga e, aparentemente, abandonada). Ao chegar no terceiro andar, a confirmação de que você não errou de porta. Adorei o ambiente (cenário do filme Fresa y Chocolate) e principalmente AMEI a comida. Pratos impecáveis como: frango ao mel e limão, cordeiro marinado com sumo de papaia e atum à cana-de-açúcar. Peça uma mesinha no pequeno terraço pra ter uma experiência ainda mais incrível. A reserva deve ser feita com bastante antecedência pelo site (clique aqui) ou escrevendo diretamente para o restaurante (email: paladar@laguarida.com).

Entrada do restaurante La Guarida... Estranho, não?!
Entrada do restaurante La Guarida… Estranho, não?!
Subindo as escadas para chegar no La Guarida
Subindo as escadas para chegar no La Guarida
Ainda não chegamos... Mais escada!
Ainda não chegamos… Mais escada!

26 LA GUARIDA - restaurantes e bares de Havana Vieja - dicas de viagem CUBA

27 LA GUARIDA - restaurantes e bares de Havana Vieja - dicas de viagem CUBA

foto: laguarida.com
foto: laguarida.com
foto: laguarida.com
foto: laguarida.com

(atualização em 30/11/15) Agora há um rooftop no La Guarida, mais moderninho, que funciona como bar. Muuuuuito bacana! Anda ainda mais cheio, por isso, recomendo que RESERVE coooom certeza!!! 🙂

  • Restaurantes na Plaza de La Catedral 

Na praça onde está a Catedral de San Cristóbal (linda!), pertinho da Bodeguita del Medio (Calle Empedrado) existem alguns restaurantes legais, que colocam mesinhas no meio da praça. Adorei jantar um dia lá. Super visual, ambiente gostoso ao ar livre e música ao vivo. O que fomos se chamava El Patio.

Plaza de la Catedral
Plaza de la Catedral
Restaurante El Patio com a Catedral de San Cristóbal ao fundo
Restaurante El Patio com a Catedral de San Cristóbal ao fundo

32 Plaza de la Catedral - El Patio - restaurantes e bares de Havana Vieja - dicas de viagem CUBA

(atualização em 30/11/15)

Infelizmente, os restaurantes não colocam mais mesinhas no meio da praça, mas o ambiente continua delicioso, principalmente a noite!!!

Dica da leitora Ana Paula Guimarães: 

  • Esto No Es Un Café Endereço: San Ignacio No. 58 A e/ O’Reilly y Empedrado. Callejón del Chorro, Plaza de la Catedral

“Uma lindeza de restaurante, bem próximo ao La Bodeguita del Medio.”. Pelas fotos, achei mesmo muito fofo! E adoreeeei o trocadilho do nome/desenho no logo com o quadro de Magritte “Ceci n’est pas une pipe”. Quero conhecê-lo na próxima ida a Havana.

esto no es un cafe havana restaurante
Restaurante/café em Havana: Esto No Es Un Café | foto: the-hopeful-traveller.blogspot.com

::: Depois de ter voltado algumas vezes a Cuba, fiz um outro post aqui no blog apenas com dicas de hotéis e restaurantes em Havana. Clique aqui para acessar.

↑ Voltar ao começo do post


O que fazer / Roteiros

O que fazer em Havana além de comer, beber, comer, beber… hehehe!

Roteiro sugerido: 4 dias Para aproveitar Havana ao máximo.

01 label dia 1

02 roteiro havana habana vieja a pé

1. Plaza de La Catedral: comece por um dos símbolos mais importantes da cidade. Essa praça é linda tanto de dia como de noite. Não esqueça de voltar para comer nos restaurantes com mesinhas ao ar livre!

2. Catedral de San Cristóbal: começou a ser construída pelos jesuítas em 1748 e foi concluída em 1777 pelos franciscanos. A igreja tem este nome porque, de acordo com crenças populares, até 1898 guardou os restos mortais de Cristóvão Colombo.

Catedral de San Cristóbal
Catedral de San Cristóbal
Plaza de La Catedral de dia, também uma delícia!
Plaza de La Catedral de dia, também uma delícia!

3. La Bodeguita del Medio: pertinho da Plaza de La Catedral (Calle Empedrado). Tome o famoso Mojito (se já estiver com fome, aproveite para almoçar lá também – não esqueça de deixar sua assinatura na parede! – Ou volte outra hora para comer!).

4. Plaza de Armas: essa praça é linda e espaçosa, cheia de construções interessantes (inclusive o Palácios de Los Capitanes Generales – visitas são permitidas!). Há uma feira diária de livros, jornais e revistas muito legal! Não deixe de “fuxicar”. rs

5. Hotel Santa Izabel: na Plaza de Armas está o Hotel Santa Izabel (já falei dele acima, na parte “onde ficar”). Fica em um casarão antigo lindo. Entre para conhecer e tomar um drink no terraço. [Atualização: estive novamente em Havana em junho/2015, e infelizmente o bar no rooftop não existe mais! 🙁 ]

Feira de livros usados na Plaza de Armas (arcos do Palacio de los Capitanes Generales)
Feira de livros usados na Plaza de Armas (arcos do Palacio de los Capitanes Generales)
Álbum de figurinhas da Revolução na feira de livros na Plaza de Armas
Álbum de figurinhas da Revolução na feira de livros na Plaza de Armas

07 Feira de livros - plaza de armas - Palacio de Los Capitanes Generales - o que fazer em Havana - dicas de viagem de CUBA

6. Castillo de La Real Fuerza: construção militar mais antiga de Havana, construído em 1558-1577 para proteger a cidade dos piratas. O Museo Nacional de la Cerámica Cubana fica dentro do Castillo, mas não visitamos.

08 Castillo de La Real Fuerza - o que fazer em Havana - dicas de viagem de CUBA

7. Calle Obispo: suba rumo ao Paseo del Prado/Capitólio (onde fica a maioria dos hotéis que indiquei aqui) pela Rua Obispo. Essa rua é cheia restaurantinhos, lojas, turistas e muita música ao vivo (Havana é muito musical!). Repare na antiga Farmácia Taquechel, que fica no número 155.

09 Calle Obispo - o que fazer em Havana - dicas de viagem de CUBA

Farmácia Taquechel | Calle Obispo, 155
Farmácia Taquechel | Calle Obispo, 155

Assista ao vídeo abaixo, gravado no Restaurante La Pérgola, na Calle Obispo, ao som de música cubana ao vivo (delícia!): 

8. El Floridita: na Calle Obispo, esquina com a Av. Bélgica, está o famoso bar/restaurante El Floridita. Termine o dia lá provando seus deliciosos daiquiris.

01 label dia 2

02 roteiro havana habana vieja cuba viagem o que fazer

1. Gran Teatro de La Habana: edifício maravilhoso, inaugurado em 1838. É a “casa” do Ballet Nacional de Cuba. Não conhecemos o interior (mas é permitido!). Por fora é bem lindo. Repare no Cinema Payret, inaugurado em 1897, que fica do outro lado da avenida.

03 Gran Teatro de Habana - Paseo del Prado - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

2. Capitólio: foi inaugurado em 1929 e é uma imitação assumida do Capitólio de Washington DC, só que mais alto. Foi sede do governo até 1959 e hoje é o Ministério da Ciência.

04 capitolio - Paseo del Prado - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

05 capitolio - Paseo del Prado - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

00 CAPITOLIO CUBA HAVANA - DICAS DE VIAGEM

(atualização em 30/11/15) A cúpula do Capitólio está com andaimes para restauração… Já há mais de 1 ano. Espero que fique pronto logo (e ainda mais lindo!!).

3. Real Fábrica de Tabacos Partagás: quase atrás do Capitólio, na Calle Indústria, está o edifício da Real Fábrica de Tabacos Partagás, a maior fábrica de charutos cubana, fundada em 1845. Quando estivemos em Havana, a fábrica não estava mais neste prédio e sim em um endereço mais distante. Lá dentro há uma lojinha onde você pode comprar diversos tipos e marcas de charutos originais. Neste roteiro, coloquei a visita à Fábrica em outro dia, devido à localização do novo prédio (mas não sei se era apenas uma reforma e já voltou a ser na Calle Indústria. Na entrada do edifício eles irão te informar). Agora é apenas uma paradinha para tirar foto e ir à loja.

06 Real fabrica de tabacos partagas - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

4. Paseo del Prado (ou Paseo de Martí): essa larga avenida (onde está a maioria dos hotéis, o Capitólio, o Gran Teatro etc.) é linda! O Paseo foi construído em 1772 e era onde a aristocracia passeava de charrete. Vá caminhando no sentido do mar para chegar no Museo de La Revolución. No caminho, repare nos leões de bronze, nos bancos de mármore e também nas janelas das casas e nas ruas perpendiculares. Quanto contraste!

07 Paseo del Prado - Paseo de Marti - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

08 Paseo del Prado - Paseo de Marti - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

09 Paseo del Prado - Paseo de Marti - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

10 Paseo del Prado - Paseo de Marti - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

11 Paseo del Prado - Paseo de Marti - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

5. Museo de La Revolución: este museu foi um dos passeios mais interessantes de toda a viagem. O Museu da Revolução está instalado justamente onde era o palácio do ditador Fulgencio Batista. Provocação?! O edifício, inaugurado em 1920, é um luxo que só! Acredita que ele foi decorado pela Tiffany de Nova York?? Separe um bom tempo para conhecê-lo, pois é super interessante. Você sai de lá sabendo muito mais sobre as lutas pela independência, as guerrilhas e sobre a revolução. Repare nas marcas de balas na escadaria principal. Foram disparadas por estudantes revolucionários em 1957, mas Batista fugiu para o andar de cima e se salvou.

Em uma praça atrás do museu está o iate Granma, o barco que trouxe Fidel Castro e outros revolucionários do México, dando início à luta armada contra Batista.

12 Museo de la Revolucion - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

13 Museo de la Revolucion - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

14 Museo de la Revolucion - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA
Marcas de balas disparadas em 1957, na escadaria principal

15 Museo de la Revolucion - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

16 Museo de la Revolucion - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA
Salón de Los Espejos (hall de recepção do palácio presidencial)

(atualização em 30/11/15) O Salón de Los Espejos encontra-se fechado para reforma. 🙁 Espero que seja reinaugurado logo!!

6. Castillo de San Salvador de la Punta: bem na ponta, assim que acaba o Paseo del Prado, está este Castillo, que servia para proteger a cidade, mas hoje abriga um museu naval. Não entramos na fortaleza, mas você pode vê-la de fora, tanto pelo Paseo del Prado como pelo Malecón.

7. Malecón: um calçadão de 7km a beira-mar que passa por vários bairros de Havana (da parte antiga até a parte mais moderna). Passeie um pouco por lá… Achei uma caminhada bem agradável. 🙂 Os cubanos costumam se concentrar por lá para ver o por do sol.

17 Malecon - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

18 Malecon - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

8. Volta pelo Paseo del Prado (Paseo de Martí): volte para seu hotel pelo Paseo del Prado (claro, se ele for um dos que indiquei aqui que ficam nesta zona). Assim você verá o Paseo por outro ângulo, com o Capitólio ao fundo. Se for ao entardecer, é ainda mais lindo.

19 Paseo del Prado - Paseo de marti - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

9. Jantar no La Guarida: restaurante TOP que citei acima. Precisa de reserva! Saindo do hotel, fomos de taxi-triciclo até o restaurante, mas você pode facilmente ir a pé caso esteja nos hotéis do Paseo del Prado, pois a distância é de apenas 1km.

00 label dia 3

01 roteiro dia 3 havana viagem cuba

1. Museo del Ron Havana Club: o rum cubano, famoso no mundo todo, faz parte do dia a dia do país. Em Havana, as destilarias do Havana Club (marca de rum cubano mais famosa) ficam abertas para visita. Você pode assistir ao processo de fabricação e também conhecer a fundo sua história em um museu que achei muito bem feitinho. Ao final da visita, você pode provar rum, comprar garrafas ou souvenirs na lojinha e/ou relaxar no bar.

Endereço: Avenida del Puerto, 262, esq. Sol, Habana Vieja. 

02 Havana club fabrica de rum - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

2. Plaza Vieja: de velha essa praça não tem nada! Que lugar mais fofo. É a praça que mais gostamos em Havana, a mais linda. Na verdade, ela já se chamou Plaza Nueva (foi construída em 1559), mas depois que surgiram outras áreas urbanas no século 19, a praça perdeu seu status de lugar importante e teve seu nome alterado para Plaza Vieja. Tinha virado até estacionamento! Mas foi restaurada e hoje voltou a ser uma jóia colorida em Habana Vieja. Todos os edifícios que rodeiam a praça são L-I-N-D-O-S. Tem construções de 4 séculos diferentes. Bem na esquina está uma micro-cervejaria chamada Factoria Plaza Vieja Cervezas y Maltas.

03 Plaza Vieja - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

Plaza Vieja vista de cima a partir do edifício da Cámara Oscura
Plaza Vieja vista de cima a partir do edifício da Cámara Oscura

3. La Cámara Oscura: esse lugar foi um achado! No último andar de um prédio que fica na esquina da Plaza Vieja (Edifício Gómez Vila) está a Cámara Oscura. Existe desde 2001 e funciona por meio de duas lentes e um espelho em um periscópio. A imagem é projetada (ao vivo / em tempo real) em uma plataforma côncava com quase 2m, em uma sala escura. Um guia vai girando o equipamento e explicando a cidade em 360 graus. Você vai ver cenas de todo tipo: pessoas caminhando, cubanos estendo roupa no varal, crianças brincando, telhados, monumentos, praças… A apresentação dura cerca de 15 minutos. Além da cámara oscura, a vista do prédio é bem legal.

Cámara Oscura de Havana, com a cidade em tempo real projetada
Cámara Oscura de Havana, com a cidade em tempo real projetada

4. Plaza de San Francisco: outra pracinha linda (mais uma! Havana tem praça demais, né?!). Achei essa bem diferente das outras. Por alguns minutos faz você se sentir na Europa. Tem algo de Madrid misturado com Andaluzia (foi o que achei! rs). No meio, está a Fuente de los Leones, que se parece à da Alhambra em Granada. Na praça, também está a Basílica Menor de San Francisco de Asís, construída em 1590 – 1591. Se já estiver com fome, coma no Café Del Oriente, um restaurante chique que fica bem na esquina da praça.

Plaza de San Francisco com Basílica Menor de San Francisco de Asís ao fundo
Plaza de San Francisco com Basílica Menor de San Francisco de Asís ao fundo
Plaza de San Francisco e antiga Bolsa de Valores ao fundo
Plaza de San Francisco e antiga Bolsa de Valores ao fundo

08 Plaza de San Francisco - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

5. Hotel Nacional de Cuba: mudando de bairro… Pegue um tuc tuc (5km) e vá direto para o Hotel Nacional de Cuba, passando pelo Malecón. Passeio lindo. Conheça o edifício art déco inaugurado em 1930 do Hotel que já hospedou muita gente famosa, como Winston Churchill e Walt Disney. Pelo jardim do hotel você tem uma linda vista de Havana e da orla. O bar é aberto ao público. Fomos embora do Hotel de taxi antigo (rosa!), como em um filme de época!

Indo para o Hotel Nacional de tuc tuc (passando pelo Malecón)
Indo para o Hotel Nacional de tuc tuc (passando pelo Malecón)
Voltando do Hotel Nacional
Voltando do Hotel Nacional

6. Cabaret Tropicana: para quem tem vontade de conhecer um dos cabarés mais famosos do mundo, o Tropicana fica afastado do centro (tem que ir de taxi). Além de assistir ao show, você também pode jantar no local. Reserve sua entrada e/ou seu jantar pelo site clicando aqui.

00 label dia 04

1. Fábrica de charutos Partagás: estando a Fábrica em seu local original (atrás do Capitólio, na Calle Indústria) ou em algum outro endereço devido a reforma da sede (que foi o que aconteceu conosco), agora é a hora de conhecer todo o processo de fabricação de um charuto. Achei incrível! E tããão trabalhoso. Uma verdadeira arte. Separe um bom tempo para ver todas as etapas com calma e perguntar tudo o que quiser para a guia da Partagás!! Infelizmente, não podia tirar foto e nem filmar.

2. Plaza de La Revolución: mais uma!!! kkk! Essa praça não tem charme algum, mas a visita é válida devido à sua importância histórica. Foi construída na época de Batista (1952), como a Plaza Cívica. Em 1959, com a vitória de Fidel Castro, a praça foi renomeada e passou a se chamar Plaza de La Revolución. Este é o local onde a massa se reunia para assistir aos discursos de Fidel Castro, que se sentava próximo ao obelisco, ao lado da estátua de José Martí (criador do Partido Revolucionário Cubano). A praça é famosa também pelas imagens de Che Guevara e de Camilo Cienfuegos que estão nos prédios em volta. Fica afastada do centro, é preciso chegar de taxi.

01 plaza de la revolucion che guevara - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

02 plaza de la revolucion che guevara - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA
Memorial Martí: torre de 109m de altura e estátua de José Martí de 18m de altura feita em mármore branco

3. Ballet Nacional de Cuba no Teatro Nacional: pertinho da Plaza de La Revolución (só atravessar a rua) está o Teatro Nacional de Cuba. Se você gosta de ballet clássico, indico muito ir assistir, pois a direção geral é da famosa bailarina cubana Alicia Alonso. Verificar programação pelo site da compañía. Clique aqui.

03 BALLET NACIONAL DE CUBA - teatro nacional - alicia alonso - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

4. San Carlos de La Cabaña & Cañonazo: afastados do centro de Havana estão o Castillo del Morro e a Fortaleza de La Cabaña. Quando Cuba foi conquistada pelos britânicos e os espanhóis a recuperaram 11 meses depois, sentiram a necessidade de protegê-la ainda mais. Foi uma obra gigantesca, que usou mais de 4.000 trabalhadores e custou 14 milhões de pesos. Toda as noites pontualmente às 21h acontece a cerimônia do Cañonazo, que é o disparo de tiros de canhões por soldados das Forças Armadas Revolucionárias, com uniformes de época. No período colonial esses tiros eram disparados para avisar aos cidadãos de que os portões da cidade estavam fechados.

04 San Carlos de La Cabana y Canonazo - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

Ufa! Quanta coisa oferece Havana, não? Que cidade! Se você sentiu algum dia vontade de conhecer Cuba, espero que este post tenha te deixado com vontade de já marcar as próximas férias para lá!

Preciso compartilhar o contato de uma pessoa incrível que conhecemos em Havana (estava como guia de um casal de argentinos no Museo de La Revolución, ouvimos suas histórias, nos encantamos e o convidamos para passar um dia com a gente). O nome dele é ELIO PEÑA MARTINEZ. Se puderem, não deixem de entrar em contato com ele. Suas histórias e sua sabedoria são fantásticas. Imaginem que ele segurou arma para a segurança do Che durante um discurso! Faz tudo por puro prazer, não cobra nada, você paga o quanto quiser e quanto achar que vale. Eu acho que vale MUITO! 😉

Contato do guia local Elio Peña Martinez
Cel: (+53) 5390-1743 & Tel: (+53) 4786-2795
End: Calle 42, núm. 4117, entre Calle 41 y 43 San José de las Lajas, Mayabeque – Cuba 

05 GUIA turístico privado - Elio Pena Martinez - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

Atualização em 08/06/16

Os leitores do blog Dariano Secco e sua família estiveram com o Elio Peña recentemente em Havana e adoraram! Me enviaram essa foto abaixo com ele!! Compartilho para encorajarem vocês a também o chamarem para um passeio guiado pelas ruas dessa bela cidade.

O leitor do blog Dariano Secco e sua família com o Elio Peña em Havana (junho/2016)
O leitor do blog Dariano Secco e sua família com o Elio Peña em Havana (junho/2016)

08 LABEL PRAIAS

Como disse na primeira frase desse post, mais legal ainda é poder unir cultura e história com lindas praias. Depois de conhecer Havana, indico cidades diferentes com praias paradisíacas em Cuba

VARADERO
Clique aqui para ler o post

Alugue um carro em Havana e vá dirigindo para Varadero, pois está a apenas 1h30-2h de viagem da capital e a estrada é boa. A cor da água é de um azul que faz os olhos arderem, e o local tem bastante infra-estrutura, com excelentes resorts. Se não quiser dirigir, é fácil ir de taxi, ou contrate um transfer.

Para transporte dentro de Cuba, indico muito o Sr. Agustin de La Osa Reyes (que de quebra, já é um super guia). É de extrema confiança!! Pode combinar com ele pelos telefones +53 47 384083 / +53 5 2644735 ou pelo email delaosa@nauta.cu.

Onde ficar em Varadero: Meliá Las Américas

06 varadero - barcelo slymar arenas blancas - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

melia las americas hotel varadero cuba
Praia em frente ao hotel Meliá Las Américas, em Varadero, Cuba | foto: Lala Rebelo
melia las americas hotel varadero cuba
Maravilhoso pôr do sol em Varadero | foto: Lala Rebelo

– CAYO LARGO

A ilhota faz parte da província da Isla de la Juventud. Além das praias de areia branca e águas turquesas, para quem curte mergulhar, Cayo Largo é o paraíso. Como fica mais longe, em uma ilha, pra chegar você tem que pegar avião. Voe de Aerogaviota ou Cubana de Aviación.

Sugestões de hotéis: Sol Cayo Largo

07 cayo largo - sol hotel - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

Eaí, vamos pra Cuba? 🙂

09 CARROS ANTIGOS - o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

10 o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

11 o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

12 o que fazer em havana - dicas de viagem CUBA

Bom, como vocês devem imaginar, CUBA ESTÁ EXPLODINDO!! A cada dia surgem novos restaurantes, bares, opções de hospedagem… Quero manter este post seeempre atualizado! Se você foi ao país recentemente e tem alguma descoberta bacana, ou qualquer atualização, deixe aqui nos comentários. Adicionarei ao post 🙂

Obrigada pela visita! Beijos, Lala

. Siga-me no instagram @lalarebelo
. E curta minha página no facebook Lala Rebelo Travel Blog

roteiros personalizados viagem lala rebelo

↑ Voltar ao começo do post

Comentários