Viagem África

Cidade do Cabo, África do Sul

Absurdamente bela

As impressões que tive da África do Sul são as melhores. Na verdade, de Cape Town, pois só passei rapidamente pelo aeroporto de Joanesburgo. Que cidade!!! Absolutamente todo mundo sorri pra você e te trata bem. No aeroporto, no taxi, no hotel… Me senti muito bem recebida na Cidade do Cabo. 🙂 E falando em beleza… UAU! Que lugar bonito! A Cidade do Cabo, no quesito geografia, lembra muito o Rio de Janeiro, mas tem um “quê” de Califórnia e de Europa. Clima gostoso, estradas lindas, super vistas, restaurantes maravilhosos, hotéis charmosos, praias… E ainda tudo com um ótimo custo-benefício. Cape Town nos faz respirar uma energia boa. Fiquei com vontade de ficar muuuuito mais tempo por lá.

No post de hoje trago muitas dicas pra você também aproveitar a Cidade do Cabo de maneira completa e voltar com essa mesma ótima impressão (assim espero!!). Onde ficar, os melhores restaurantes, passeios imperdíveis e muito mais. Welcome to South Africa!!!

Camps Bay vista do alto da Table Mountain - Cidade do Cabo
Camps Bay vista do alto da Table Mountain – Cidade do Cabo
Vista da Table Mountain - Cidade do Cabo | Lá na pontinha está o Cabo da Boa Esperança
Vista da Table Mountain – Cidade do Cabo | Lá na pontinha está o Cabo da Boa Esperança
Cabo da Boa Esperança
Cabo da Boa Esperança


Sobre o lugar

A África do Sul é uma mistura de cores, bichos, sabores, línguas, etnias, estilos… Para você ter uma ideia, são 11 línguas oficiais (fique tranquilo… Inglês é uma delas e é amplamente falado. Também se ouve MUITO africâner). Um país completo, que oferece na mesma viagem um montão de experiências distintas: cidade desenvolvida e com infraestrutura, praia, safari, museus, história e cultura. E ainda por cima, é super fácil de chegar partindo do Brasil, com vôos diretos com apenas 8-9h de duração.

A África do Sul, pra mim, é um mega exemplo de superação. Passou por cima de um dos piores momentos da história da humanidade, na minha opinião: o apartheid, que classificou o povo por sua “raça”, e permitiu, legalmente, que a minoria branca oprimisse a maioria negra. 

O país tem 53 milhões de habitantes e a Cidade do Cabo, capital legislativa, tem população estimada em 3,7 milhões de habitantes (a segunda cidade mais populosa da África do Sul, ficando atrás apenas de Joanesburgo, com 4,4 milhões). O país tem 3 capitais, e apesar de muita gente achar o contrário, Joanesburgo NÃO é uma delas. As capitais são: Pretória (executiva), Cidade do Cabo (legislativa) e Bloemfontein (judiciária).

Cidades da África do Sul e países vizinhos | base mapa: Google Maps
Cidades da África do Sul e países vizinhos | base mapa: Google Maps

A bandeira da África do Sul é cheia de significados e foi adotada após o fim do apartheid (em 1994), pois a bandeira anterior era como um símbolo da opressão racista. Eu acho super linda e colorida, mas vai além disso. Cada cor está ali por uma razão. Esse “Y” deitado representa a união do povo sul-africano, após o fim do apartheid. O preto e o branco representam os povos negros e brancos, respectivamente.

A bandeira é formada pela junção de duas antigas bandeiras: a do Congresso Nacional Africano (partido que representava os negros na época do apartheid, de cores preta, verde e amarela) e a da Holanda e do Reino Unido (países que colonizaram a região, de cores vermelha, azul e branca). Dizem também que o azul representa o céu, o vermelho o sangue, o verde a vegetação e o amarelo, ouro. 

Bandeira sul-africana
Bandeira sul-africana

<div class=”separa”><span> MOEDA </span></div>

A moeda da África do Sul é o Rand Sul-Africano (ZAR). Levamos Dólares em cash e trocamos lá mesmo por Rands (levar Euros dá na mesma!). Acho bom trocar um pouquinho no aeroporto mesmo, logo na chegada, porque não aceitam moeda estrangeira em lugar nenhum. E depois trocar mais Rands em uma casa de câmbio que valha mais a pena. No Waterfront de Cape Town há várias (lembro de um quiosque dentro do shopping Victoria Wharf, no Waterfront). O Rand sofreu uma recente (e forte) desvalorização, então, para nós, brasileiros, está valendo super a pena!! Uma viagem a África do Sul não sai neeeeem perto do que custaria uma viagem para os Estados Unidos ou para a Europa, por exemplo. Tudo sai muito em conta e os preços de restaurantes, hotéis e atrações são super justos. 

É um daqueles destinos vantajosos [baratos] para os brasileiros, assim como Tailândia, Camboja, Vietnã e, nos últimos anos, a Rússia

<div class=”separa”><span> CLIMA – Quando ir? </span></div>

Não há uma época certa para ir para a África do Sul, principalmente para Cape Town, que é uma “experiência de cidade”. Depende mesmo de que tipo de clima você quer pegar. De junho a agosto faz BASTANTE frio. Nós fomos na segunda quinzena de setembro e pegamos dias maravilhosos, com muito céu azul, zero chuva e uma temperatura amena, dessas gostosas de passear. Mas é nos meses mais quentes, de outubro a março, que chove menos na cidade, historicamente. 

Se você está indo para a África do Sul também para fazer safari, prefira mesmo ir nos meses mais frios, por causa da visibilidade na savana (a mata ainda não está alta e verde, por causa do inverno, o que facilita a observação de animais). Vá de abril a outubro

Dias lindos e ensolarados na Cidade do Cabo | setembro/2016
Dias lindos e ensolarados na Cidade do Cabo | setembro/2016

tomada-voltagem-eletricidade-idioma-moeda-dinheiro-fuso-horario-africa-do-sul

*A tomada tipo M (3 pinos redondos – ver figura) é a mais comum por lá. Na verdade, nem vi dos outros tipos citados (C e D), mas dizem que também podem existir. 

↑ Voltar ao começo do post


Como chegar / Onde ficar

<div class=”separa”><span> VÔOS </span></div>

Não há vôos diretos entre Brasil e Cape Town, mas sim há para Joanesburgo, de South African Airways e, em agora, de LATAM (novidade!! Acabaram de lançar esse vôo.). O vôo até Joanesburgo (JNB) dura aproximadamente 9h e de lá você pode pegar um vôo de 2h para Cape Town (CPT) com a própria cia aérea que você fez o trecho Brasil-África do Sul ou de alguma cia aérea local, como Mango, FlySafair e Kulula, caso isso saia mais barato. 

Fizemos a simulação das duas maneiras e comprando o 2º trecho com a Mango saiu muito mais barato. Achei o aeroporto bem tranquilo para desembarcar, imigrar, retirar malas e fazer novo check-in (só não compre o vôo com pouco tempo de conexão pois o vôo que vem do Brasil pode atrasar. O nosso atrasou quase 1 hora devido a uma mudança de rota para fugir de uma tempestade. 3 a 4 horas de “intervalo” é o ideal.).

A Mango é uma cia aérea local que faz vôos dentro da África do Sul e para países vizinhos. Super eficiente e pontual. Recomendo!

Dessa vez, fizemos o trecho GRU-JNB de South African Airways, mas, da próxima vez, quero tentar a LATAM. Não tivemos uma boa experiência com a SAA. Chegamos a pagar 70 dólares para conseguir marcar um assento e mesmo assim, no check-in, nossos assentos eram outros (e piores… Na última fileira da aeronave, que mal reclinava). Além disso, quase todos os funcionários foram bem rudes conosco, na ida e na volta.

<div class=”separa”><span> VISTOS, PASSAPORTES & VACINAS </span></div>

Brasileiros não precisam de visto para entrar na África do Sul, apenas passaporte válido, com páginas em branco para o carimbo E TAMBÉM a vacina contra a febre amarela. Passageiros sem o certificado internacional de vacinação, com vacina válida (com 10 dias de antecedência no mínimo) nem sequer podem embarcar no vôo.

<div class=”separa”><span> TAX REFUND </span></div>

Caso tenha comprado alguma coisa na África do Sul, não deixe de pedir o valor do imposto de volta. No próprio aeroporto de Joanesburgo (JNB), no dia do vôo de volta ao Brasil, procure o quiosque do “Tax Refund”, apresente suas notas e, dentro da área de embarque, você receberá um cartão MasterCard com seu dinheiro dentro, para sacar ou usar em qualquer lugar do mundo. Achei super prático (e funciona! Já usei o cartão aqui no Panamá).

Cartão de tax refund da África do Sul - fofo, né?!
Cartão de tax refund da África do Sul (em frente ao escritório de tax refund do aeroporto) – fofo, né?!

<div class=”separa”><span> COMO SE LOCOMOVER NA CIDADE E ARREDORES </span></div>

  • ALUGUEL DE CARRO

Acho essa a melhor opção para se locomover em Cape Town. As atrações são bem espalhadas (e distantes) e sem um carro você ficará muito preso. Só não se esqueçam que na África do Sul se dirige na mão inglesa (volante do lado direito do carro, pista da esquerda). Parece difícil no começo, mas logo se acostuma (sério, é como um clique!). Já dirigimos assim na Jamaica também e deu tudo certo! 🙂 Google Maps e Waze funcionam super bem (mas achei o Google Maps melhor).

Alugamos o nosso carro (um Polo básico) pela Rentalcars com retirada e devolução no aeroporto de Cape Town (CPT). Sempre alugo por esse site e nunca tive problemas. Pesquise e reserve aqui.

O carro que alugamos para explorar a Cidade do Cabo
O carro que alugamos para explorar a Cidade do Cabo
  • TAXI & UBER

Esses dois tipos de serviço também funcionam bem na cidade. Testei apenas o UBER em uma ocasião: ir e voltar da Table Mountain, pois nos disseram que era difícil conseguir estacionamento próximo à entrada do Cable Car, e realmente era (em todas as outras atrações, foi super fácil estacionar). Baixe o app no seu celular e já deixe com cartão configurado, antes de viajar. Não testei taxi.

  • TRANSFERS & MOTORISTAS PARTICULARES

Alguns preferem contratar um motorista particular para visitar as atrações da cidade. Minha irmã utilizou o serviço de um em seus dias na cidade, e o recomenda muito. Além disso, é guia turístico e fala português.

Contato: Isako Shivuri – também conhecido como John
Cel/WhatsApp: +27 60 354 3482
info@saluxurytravel.co.za

  • TRANSPORTE PÚBLICO

Cape Town não tem metrô mas o serviço de ônibus funciona super bem. Leia mais sobre o serviço do MyCiti e suas rotas aqui (não testei pois preferimos fazer tudo de carro alugado). 

<div class=”separa”><span> HOTÉIS </span></div>

O melhor lugar para se hospedar em Cape Town é no WATERFRONT, uma região linda e super viva tanto de dia como de noite, cheia de restaurantes bacanas, lojas, shoppings e hotéis. Além disso, é fácil para ir dali a várias atrações turísticas.

Sugestões: 

Sem dúvidas, a melhor opção de hospedagem do Waterfront e da Cidade do Cabo como um todo, pois a localização é fantástica (tínhamos vista da Table Mountain da janela do quarto!! Assim como da marina no Waterfront!), o hotel é lindíííssimo, os quartos são super espaçosos e lindamente decorados e o serviço é impecável.

O hotel tem piscina, spa (recomendo muuuuito uma massagem lá!! Fizemos uma “Rolling Sand Dunes” e foi divina!), academia e um restaurante maravilhoso chamado SIGNAL (aberto também para não-hóspedes). Vou falar mais dele na parte de comes & bebes. O café da manhã, incluído no valor da diária, é praticamente um banquete. Acredita que tinha até pastéis de nata? 😀

Adorei me hospedar no Cape Grace. Foi uma das coisas mais legais de Cape Town, e olha que a cidade é o máximo. Fiz um post exclusivo sobre o hotel, contando todos os detalhes da minha estadia lá. Clique aqui para ler. 

Reserve sua estadia no Cape Grace aqui.

cape-town-waterfront_0203

Nosso quarto lindo no Cape Grace
Nosso quarto lindo no Cape Grace
E a vista da janela do quarto?? Dá pra ver a Table Mountain! Cape Grace Hotel
E a vista da janela do quarto?? Dá pra ver a Table Mountain! Cape Grace Hotel
Janela do nosso quarto no Cape Grace Hotel - Cape Town
Janela do nosso quarto no Cape Grace Hotel – Cape Town
Closet do quarto - Cape Grace Hotel - Cape Town
Closet do quarto – Cape Grace Hotel – Cape Town
Banheiro do quarto - Cape Grace Hotel - Cape Town
Banheiro do quarto – Cape Grace Hotel – Cape Town
Banheiro do quarto - Cape Grace Hotel - Cape Town
Banheiro do quarto – Cape Grace Hotel – Cape Town
Piscina - Cape Grace Hotel - Cape Town
Piscina – Cape Grace Hotel – Cape Town
Piscina - Cape Grace Hotel - Cape Town
Piscina – Cape Grace Hotel – Cape Town

cape-grace-hotel-cidade-do-cabo_0266

Buffet de café da manhã - Cape Grace Hotel - Cape Town
Buffet de café da manhã – Cape Grace Hotel – Cape Town
Pratos à la carte no café da manhã do Cape Grace Hotel, Cape Town
Pratos à la carte no café da manhã do Cape Grace Hotel, Cape Town
Pratos à la carte no café da manhã do Cape Grace Hotel, Cape Town
Pratos à la carte no café da manhã do Cape Grace Hotel, Cape Town
Relaxando no spa após massagem deliciosa! Cape Grace Hotel
Relaxando no spa após massagem deliciosa! Cape Grace Hotel

Para os que estão procurando uma hospedagem mais econômica e ainda assim bem localizada no Waterfront (cerca de 8 minutos a pé), recomendo o Protea Breakwater Lodge, que faz parte da rede Marriott (você vai reparar que há centenas de Proteas na África). Escolha um quarto do tipo “Deluxe”  ou a “Suíte Dupla Executiva”, pois o mais barato, “Standard” é absurdamente apertado. Reserve aqui.

Entrada do hotel Protea Breakwater Lodge no Waterfront de Cape Town
Entrada do hotel Protea Breakwater Lodge no Waterfront de Cape Town
Protea Breakwater Lodge - Waterfront Cape Town - Quarto
Protea Breakwater Lodge – Waterfront Cape Town – Suíte Dupla Executiva
Protea Breakwater Lodge - Waterfront Cape Town - Quarto
Protea Breakwater Lodge – Waterfront Cape Town – Suíte Dupla Executiva
Protea Breakwater Lodge - Waterfront Cape Town - Quarto
Protea Breakwater Lodge – Waterfront Cape Town – Quarto Standard

Clique aqui para mais opções de hospedagem no Waterfront de Cape Town. 

lalarebelo-hoteis-booking

↑ Voltar ao começo do post


Comes e Bebes

Alerta gordice!!! Come-se MUITOOOO BEM em Cape Town. A cena gastronômica da cidade é o máximo, oferecendo restaurantes bacaninhas, com comida deliciosa para todos os gostos (e por um preço super justo!). As carnes são imbatíveis, assim como peixes e frutos do mar.

<div class=”separa”><span> Região: V&A Waterfront </span></div>

É mais uma padaria/café do que um restaurante, mas os pratos são deliciooooosos. E ainda fica em um lugarzinho super gostoso do Waterfront. Pegue uma mesa na parte aberta (se não estiver tão frio, claro). Almoçamos um dia lá e depois tomamos café da manhã (abre bem cedinho). Acho que para quem não tem café incluído na diária do hotel, essa é uma excelente opção. 

Restaurante, Bakery e Café Vovo Telo, no Waterfront de Cape Town
Restaurante, Bakery e Café Vovo Telo, no Waterfront de Cape Town
Área externa do Restaurante, Bakery e Café Vovo Telo, no Waterfront de Cape Town
Área externa do Restaurante, Bakery e Café Vovo Telo, no Waterfront de Cape Town
Burger e cerveja local | Vovo Telo
Burger e cerveja local | Vovo Telo
Lasanha delícia | Vovo Telo
Lasanha delícia | Vovo Telo
Funcionários super simpáticos!
Funcionários super simpáticos!

Este é o principal restaurante do Hotel Cape Grace e é divino. A comida é sul-africana e internacional, e os pratos são super criativos. O ambiente é bem elegante. Se der, peça uma mesa na área próxima às janelas, para ter essa mesma vista que a gente teve nesse almoço! 🙂 Aberto para café da manhã, almoço e jantar. Recomendo reservar pelo site se for almoçar ou jantar lá. Muito bom!

SIGNAL Restaurant no hotel Cape Grace
SIGNAL Restaurant no hotel Cape Grace
Olha a Table Mountain ali! SIGNAL Restaurant no hotel Cape Grace -
Olha a Table Mountain ali! SIGNAL Restaurant no hotel Cape Grace –
Meu prato no SIGNAL Restaurant - hotel Cape Grace
Meu prato no SIGNAL Restaurant – hotel Cape Grace

Acho que esse é o restaurante mais bonito do V&A Waterfront. Tem um ambiente super agradável, decoração clean e uma vista bacana. O menu é composto basicamente de peixes e frutos do mar, mas há algumas exceções. Bom reservar pelo site

Restaurante Harbour House no Waterfront de Cape Town
Restaurante Harbour House no Waterfront de Cape Town

Para quem já está cansado de carnes ou frutos do mar e o estômago está pedindo por uma massinha ou pizza, esse restaurante, que fica no Victoria Wharf Shopping (no V&A Waterfront) é uma ótima opção.

Restaurante italiano Balducci no shopping do Waterfront
Restaurante italiano Balducci no shopping do Waterfront

balducci-restaurant-capetown02

Outros restaurantes famosos do Waterfront que queria ter ido mas não deu tempo: 

  • Balthazar – muito famoso pelas carnes e carta de vinhos, mas estava em obra na época, com toda a parte externa fechada por tapumes.
  • Den Anker – de comida holandesa e ambiente agradável, com mesinhas ao ar livre, com vista para a marina. 
  • Karibu – o lugar ideal para quem quer provar carnes diferentes da África (bichos locais, muito além das vacas!!) e outras comidas típicas, como oboite, potjiekos, snoekbraai, chakalakakoeksisters (what?!). 

<div class=”separa”><span> Região: Camps Bay /// Clifton </span></div>

Clifton fica coladinho em Camps Bay e é um dos melhores lugares para assistir ao pôr do sol em Cape Town. No restaurante The Bungalow, você pode fazê-lo de camarote. Restaurante super fancy, com bons sushis e bons vinhos (na África do Sul, dificilmente uma carta de vinhos será ruim), mas eu pedi um filé mignon que também estava uma delícia (carnes também são sempre ótimas nesse país!!). Reserve pelo site. Mas se não confirmarem a reserva, ligue para saber se está confirmada, pois o lugar é bem disputado. Reservamos para às 18h. 

Restaurante The Bungalow em Clifton, Cape Town
Restaurante The Bungalow em Clifton, Cape Town

the-bungalow-restaurant-clifton-cape-town_0205

Restaurante The Bungalow em Clifton, Cape Town
Restaurante The Bungalow em Clifton, Cape Town
Pôr do sol no restaurante The Bungalow, em Cape Town
Pôr do sol no restaurante The Bungalow, em Cape Town

Outro lugar incrível para assistir ao pôr do sol na cidade é a praia de Camps Bay. Há vários restaurantes bacaninhas na orla, mas achei o Paranga o mais bonito. Fomos sem reserva porque chegamos cedo, antes das 18h, mas se quiser garantir a mesinha na parte mais próxima às janelas, para ver o pôr do sol, acho melhor reservar pelo site. No cardápio, um pouquinho de tudo (inclusive carne de avestruz). Lugar perfeito para drinks ou vinhos no fim da tarde + um jantarzinho. 

Restaurante Paranga, na orla da praia Camps Bay, na Cidade do Cabo
Restaurante Paranga, na orla da praia Camps Bay, na Cidade do Cabo
Restaurante Paranga - Camps Bay - Cape Town
Restaurante Paranga – Camps Bay – Cape Town
Meu prato no Restaurante Paranga - Camps Bay - Cape Town
Meu prato no Restaurante Paranga – Camps Bay – Cape Town

<div class=”separa”><span> Região: Simon’s Town /// Boulders Beach </span></div>

No dia de conhecer Boulders Beach (a praia dos pinguins – falarei mais abaixo) provavelmente você visitará também o Cabo da Boa Esperança. Ou seja, um passeio de quase um dia inteiro, e você vai precisar almoçar. O Saveur fica no centrinho de Simon’s Town (o município onde está a Boulders Beach) e é um restaurante simples, porém muito gostoso e prático, já que não fica muito longe da praia. Assim, é possível visitar os pinguins de manhã, almoçar e depois partir para o Cabo. Meu marido, louco por frutos do mar, disse para não deixar de pedir a lula!! 

Restaurante Saveur, em Simons Town, perto da praia dos pinguins Boulders Beach
Restaurante Saveur, em Simons Town, perto da praia dos pinguins Boulders Beach
O prato de lula imperdível para quem gosta de frutos do mar | Restaurante Saveur - Simon's Town
O prato de lula imperdível para quem gosta de frutos do mar | Restaurante Saveur – Simon’s Town

Esse é o mesmo restaurante que recomendei acima, no Waterfront. Essa unidade fica em Kalk Bay, próximo a Simon’s Town. Foi dica de uma amiga minha (obrigada, Rafa!!) mas infelizmente não consegui ir conhecer… Acabamos almoçando no Saveur no dia que estávamos para esse lado dos pinguins e Cabo. 

<div class=”separa”><span> Região: Stellenbosch & Franschhoek  </span></div>

Eu recomendo que você durma pelo menos uma noite nessa região de Stellenbosch e Franschhoek, mas se você só puder passar o dia e está procurando um excelente restaurante em uma vinícola maravilhosa, para almoçar, recomendo (todos precisam de reserva prévia):

  • Delaire Graff Restaurant [Stellenbosch] – restaurante maravilhoso do super hotel e vinícola Delaire Graff. Sério, um dos melhores hotéis que já me hospedei na vida. Reserve seu almoço ou jantar escrevendo um email para reservations@delaire.co.za ou ligando para +27 21 885 8160. 
  • Pierneef at La Motte [Franschhoek] – esse restaurante é lindo e muito bom e fica em uma vinícola super bonita da região, a La Motte. Recomendo muito para um almoço (e antes ou depois uma degustação de vinhos na adega)!

Todas as dicas da região de vinhos Stellenbosch & Franschhoek estão em um post exclusivo. Clique aqui para ler. 

↑ Voltar ao começo do post


O que fazer / Roteiros

Cape Town é uma cidade com MUITA coisa legal para fazer, e a maioria delas espalhada em seus arredores. Além disso, é um lugar muito gostoso para curtir com calma. Recomendo no mínimo 4 dias inteiros na Cidade do Cabo. Considerando ainda os dias nas vinícolas, o ideal seria no total, estar 5 ou 6 dias na região. 

Essa, com certeza, foi uma das experiências mais incríveis da viagem. Sério… É um must! Cape Town é uma cidade geograficamente MUITO LINDA e vê-la de cima é uma daquelas lembranças que a gente leva para a vida toda. Escolhemos a empresa NAC Helicopters e achei tudo muito certinho, pontual e seguro. Recomendo! O passeio que fizemos foi o Hopper Tour, um vôo de 12-15 minutos, que percorre os principais pontos da Cidade do Cabo, como o Waterfront, as praias, montanhas (Table Mountain e Doze Apóstolos), o estádio da Copa (City Bowl), entre outras atrações (veja mais infos e a rota do Hopper Tour aqui). Há também vôos mais longos e que sobrevoam outras regiões (veja aqui todas as opções). 

Como se trata de uma atividade cada vez mais procurada em Cape Town, sugiro fazer reserva do vôo com antecedência pelo site. Os vôos partem do V&A Waterfront (East Pier Road). 

Table Mountain atrás e o estádio na frente | Sobrevoando a Cidade do Cabo de helicóptero - NAC Helicopters
Table Mountain atrás e o estádio na frente | Cidade do Cabo de helicóptero – NAC Helicopters
Sobrevoando a Cidade do Cabo de helicóptero - NAC Helicopters
Sobrevoando a Cidade do Cabo de helicóptero – NAC Helicopters
Sobrevoando a Cidade do Cabo de helicóptero - NAC Helicopters
Montanha Lion’s Head e Table Mountain | Cidade do Cabo de helicóptero – NAC Helicopters

nac-helicopters-cape-town

Fim de vôo! Maravilhoso!
Fim de vôo! Maravilhoso!
Escritório da NAC Helicopeters no Waterfront (local de saída dos vôos)
Escritório da NAC Helicopeters no Waterfront – East Pier Road (local de saída dos vôos)
Lounge da NAC Helicopeters - para esperar o vôo
Lounge da NAC Helicopeters – para esperar o vôo

Table Mountain (ou “montanha da mesa”, em português) é um complexo de montanhas famosíssimo na África do Sul (provavelmente a atração mais famosa da Cidade do Cabo) de onde você pode ter vistas magníficas. Se o tempo estiver bem limpo, é possível ver tudo de lá de cima! Nós demos sorte… Estava um céu MUITO azul. Vimos as praias, o Waterfront e até mesmo a Robben Island (ilha que foi a prisão onde Mandela ficou preso). Se estiver fazendo um dia bonito, coooorra para Table Mountain, pois em dias muito nublados ou com ventos fortes ela fecha. Inclusive o fenômeno da nuvem que cobra a montanha tenha até nome: Table Cloth (“toalha de mesa”). A subida/descida em si, de bondinho (cable car), já é um super passeio. O bondinho vai girando para você ter 360º de vista. Recomendo comprar o ingresso do cable car antes pela internet (clique aqui) para esperar menos tempo na fila. O ingresso é válido por 7 dias a partir da data que você escolheu no site.

Sugiro ir BEM cedo ou no início da tarde (enquanto os outros estão almoçando). Ir por volta de 10h é fila na certa! (meu caso… Quase 1h de pé.). Mesmo tendo carro alugado, preferimos ir e voltar de UBER pela dificuldade de encontrar estacionamento próximo à entrada do bondinho. Para todas as outras atrações da cidade encontra-se lugar para parar facilmente. 

Subindo na Table Mountain de bondinho (Cable Car) - Cidade do Cabo
Subindo na Table Mountain de bondinho (Cable Car) – Cidade do Cabo

table-mountain-cidade-do-cabo-africa-do-sul_0100

Camps Bay vista do alto da Table Mountain - Cidade do Cabo
Vai encarar um rapel aí??? (homem a direita) | Camps Bay vista do alto da Table Mountain – Cidade do Cabo
Table Mountain - Cidade do Cabo
Table Mountain – Cidade do Cabo
Table Mountain - Cidade do Cabo
Table Mountain – Cidade do Cabo
Table Mountain - Cidade do Cabo
Table Mountain – Cidade do Cabo
Cidade do Cabo vista do alto da Table Mountain
Cidade do Cabo vista do alto da Table Mountain (Robben Island no fundo)

Esse lugar é uma delícia! Muitos restaurantes, bares, cafés, lojas, shoppings, turistas, barcos e até uma roda gigante. O Waterfront é a vida de Cape Town, um lugar gostoso para passear de dia ou de noite. Uma das atrações imperdíveis da zona é o Two Oceans Aquarium

V&A Waterfront - Cape Town
V&A Waterfront – Cape Town
The Clock Tower - Cape Town Waterfront
The Clock Tower – Cape Town Waterfront
V&A Waterfront de Cape Town
V&A Waterfront de Cape Town
Waterfront de Cape Town
Waterfront de Cape Town
Victoria Wharf Shopping Mall, no Waterfront de Cape Town
Victoria Wharf Shopping Mall, no Waterfront de Cape Town

Robben Island é a ilha-prisão (presídio de segurança máxima) onde o ex-presidente Nelson Mandela passou muitos anos preso. Lá você verá a cadeia (hoje, museu) que mostra como era a vida dos presidiários e poderá entrar, inclusive, na cela do Mandela. Geralmente os tours são feitos pelos próprios ex-presidiários. O trajeto, de balsa que parte do Waterfront (Nelson Mandela Gateway), leva 45 minutos (e + 45 minutos para voltar). Comprar ingresso com antecedência pelo site. Fomos na balsa das 9h e ficamos lá a manhã toda. 

Balsa para Robben Island
Balsa para Robben Island
Balsa para Robben Island - não esqueça o casaco!!! Venta e faz muuuito frio no trajeto!!
Balsa para Robben Island – não esqueça o casaco!!! Venta e faz muuuito frio no trajeto!!
Chegando na Robben Island, onde Mandela ficou preso
Chegando na Robben Island, onde Mandela ficou preso
Conhecendo as celas da Robben Island
Conhecendo as celas da Robben Island (e fazendo cara de coitada)
Antiga prisão, hoje museu. Robben Island - Cape Town
Antiga prisão, hoje museu. Robben Island – Cape Town
Cela de Nelson Mandela - Robben Island - Cape Town
Cela de Nelson Mandela – Robben Island – Cape Town
Tour com ex-presidiário
Tour com ex-presidiário

Uma estrada panorâmica (paga) de tirar o fôlego, que vai bordeando a costa. Para ir de Cape Town até Boulders Beach e Cabo da Boa Esperança (ou voltar), não deixe de ir pela Chapmans Peak Drive. Waze, Google Maps e GPS normalmente mandam por outra estrada, já que seria mais curto e mais rápido, portanto verifique a rota antes. Nós fomos pela Chapmans tanto na ida como na volta, mas você pode ir em apenas um dos trechos. Achei a volta para Cape Town mais bonita, já que você vai no sentido da estrada que fica mais próximo ao mar, e por ser fim de tarde, o sol estava bem mais bonito. 

Paisagens da Chapman's Peak Drive - Cape Town
Paisagens da Chapmans Peak Drive – Cape Town
Um dos mirantes da Chapman's Peak Drive - Cape Town
Um dos mirantes da Chapmans Peak Drive – Cape Town
Uma das praias lindas ao longo da Chapman's Peak Drive
Uma das praias lindas ao longo da Chapmans Peak Drive
Chapman's Peak Drive - Cape Town
Chapmans Peak Drive – Cape Town

Assista aqui um pouquinho da nossa experiência nessa estrada linda!!!

<iframe src=”https://player.vimeo.com/video/187458795″ width=”680″ height=”360″ frameborder=”0″ webkitallowfullscreen mozallowfullscreen allowfullscreen></iframe>
<p><a href=”https://vimeo.com/187458795″>Chapmans Peak Drive – Cidade do Cabo – &Aacute;frica do Sul | Lala Rebelo</a> from <a href=”https://vimeo.com/user50270507″>Lala Rebelo</a> on <a href=”https://vimeo.com”>Vimeo</a>.</p>

A praia mais fofa do mundo!!! (mentira… a mais fofa é a minha cachorrinha. Sim, meu cachorro se chama PRAIA. rs. Mas falando de praia LUGAR, sim, Boulders Beach é a mais fofa!!!). 🙂 Fica em Simon’s Town, um município a cerca de 50km de Cape Town. A colônia de pinguins africanos (são muitos!!!) vive tranquilamente por lá. Há passarelas para você caminhar, enquanto observa os pinguins na areia. A entrada é paga (compra-se o ingresso na hora mesmo). Geralmente os turistas passam por Boulders Beach na ida ou na volta do Cabo da Boa Esperança. Ficam no mesmo “rumo”. 

A colônia de pinguins africanos da Boulders Beach, em Simon's Town - pertinho da Cidade do Cabo
A colônia de pinguins africanos da Boulders Beach, em Simon’s Town – pertinho da Cidade do Cabo
Boulders Beach e seus pinguins | Simon's Town - África do Sul
Boulders Beach e seus pinguins | Simon’s Town – África do Sul
FOFOS!!!! Pinguins da Boulders Beach - Simon's Town - África do Sul
FOFOS!!!! Pinguins da Boulders Beach – Simon’s Town – África do Sul

Esse lugar é histórico e era chamado pelos navegadores do passado de “Cabo das Tormentas”. É o ponto onde os Oceanos Índico e Atlântico se encontram. Dentro do parque nacional, há várias atrações, como local para avistar baleias, praias, trilhas, estradas rodeadas de verde (vimos vários babuínos!!) e um funicular para subir até o alto do Cape Point (onde fica o farol). O funicular se chama The Flying Dutchman e compramos o ingresso na hora mesmo. 

Cape Point - África do Sul: o encontro de dois oceanos
Cape Point – África do Sul: o encontro de dois oceanos
Olhando para o Cabo da Boa Esperança
Olhando para o Cabo da Boa Esperança
Funicular The Flying Dutchman que leva os turistas ao Cape Point
Funicular The Flying Dutchman que leva os turistas ao Cape Point

cabo-da-boa-esperanca-africa_0746

Cabo da Boa Esperança - África do Sul
Cabo da Boa Esperança – África do Sul

cabo-da-boa-esperanca-africa_0787

Babuínos pelas estradas do parque do Cape Point
Babuínos pelas estradas do parque do Cape Point
Com medo... hehehe. São enormes!!!
Com medo… hehehe. São enormes!!!
Um dos pontos de observação de baleias (não vi nenhuma) dentro do parque do Cabo
Um dos pontos de observação de baleias (não vi nenhuma) dentro do parque do Cabo

Achei a Camps Bay a praia mais bonita de Cape Town, com extensa faixa de areia clarinha e mar bem azul. Além disso é de onde se assiste ao pôr do sol mais bonito da região (pode ser de um dos charmosos restaurantes da orla ou da praia mesmo). Pra completar, a praia está emoldurada pelos Doze Apóstolos, uma formação rochosa que faz parte da Table Mountain. 

A praia Camps Bay e os Doze Apóstolos
A praia Camps Bay e os Doze Apóstolos
Camps Bay - Cidade do Cabo - África do Sul
Camps Bay – Cidade do Cabo – África do Sul

  • Mergulho com tubarão branco (na gaiola)

Não tive coragem (nem vontade) de fazer, mas meu marido fez da primeira vez que foi a África do Sul e disse que foi uma das experiências mais inesquecíveis da vida. Portanto, nas palavras dele:

Ver um bicho daquele tamanho e com aquela “fama” tão de perto acelera o coração de qualquer um. MAS, devo fazer os devidos “esclarecimentos” para o passeio:

1. Não é confortável. Você estará por 2 horas em um barco em alto mar, ou dentro da água fria (com roupas especiais, mas mesmo assim FRIA!).
2. É nojento. Para atrair os bichos, eles jogam uma “sopa” de restos de peixe em volta do barco e você fica nadando nessa água dentro da gaiola.
3. É ESPETACULAR. Quando termina o passeio, o que ficam são as memórias, e os tubarões não sairão das suas tão cedo!

Entre em contato com a empresa White Shark Diving Company, que oferece o tour de um dia, com transporte direto do hotel de Cape Town até Gansbaai.

O transporte é pago à parte (prestado pela própria empresa). Sugiro contratar de qualquer maneira, já que a saída é entre 4h e 5h da manhã (assim podem ir dormindo no caminho). A empresa oferece chuveiros para tomar banho antes de voltar, então sugiro levar uma toalha do hotel, shampoo, sabonete etc.

Meu marido quando mergulhou com tubarão branco em 2010. Medo!!!!
Meu marido quando mergulhou com tubarão branco em 2010. Medo!!!!
Mergulho com tubarão branco, em gaiola - África do Sul
Mergulho com tubarão branco, em gaiola – África do Sul
Mergulho com tubarão branco | foto: White Shark Diving Company
Mergulho com tubarão branco | foto: White Shark Diving Company
Mergulho com tubarão branco | foto: White Shark Diving Company
Mergulho com tubarão branco | foto: White Shark Diving Company

Os vinhos da África do Sul são maravilhosos, e as duas regiões que produzem os melhores deles são Stellenbosch e Franschhoek, a aprox. 50km da Cidade do Cabo. São centenas de belíssimas vinícolas, com deliciosos wine tastings, restaurantes estrelados e hotéis boutique charmosos. Muitos vão apenas para passar o dia (bate-volta de Cape Town), mas eu recomendo FORTEMENTE que você se hospede ao menos uma noite por lá e explore a região por 2 dias. 

Fiz um post excluivo sobre minha experiência nas vinícolas de Stellenbosch & Franschhoek, com todas as dicas de passeios, restaurantes, vinícolas etc. e contei em detalhes como foi me hospedar no maravilhoso Delaire Graff Lodges & Spa. Clique aqui para ler. 

Nosso quarto no Delaire Graff Estate Lodge em Stellenbosch. Vinhedos e piscina!
Nosso quarto no Delaire Graff Estate Lodge em Stellenbosch. Vinhedos e piscina!

<div class=”separa”><span> GUIA PRIVADO </span></div>

Quem quiser contratar um guia privado que fala português e ainda é motorista (caso você prefira não alugar o carro), recomendo o Isako Shivuri (também conhecido como John… rs), que é de Moçambique e por isso fala português perfeitamente. Eu não testei, mas minha irmã e cunhado ficaram com ele por 5 dias em Cape Town e gostaram muito. Cel/WhatsApp: +27 60 354 3482 /// Email: info@saluxurytravel.co.za

Mas eu recomendo alugar um carro e fazer tudo por conta própria, muito mais livre e gostoso. As estradas de Cape Town são demais. Lindas paisagens e muita infraestrutura (coisa de primeiro mundo, mesmo! Juro!). Nós sempre alugamos pela Rentalcars e nunca tivemos problemas.

E aí, gostou da Cidade do Cabo? Que lugar, né?! Dá vontade até de morar um tempo por lá. Com certeza, superou minhas expectativas (que já eram altas). 

Explore no mapa abaixo todos os pontos citados aqui no post, para se localizar:

<iframe src=”https://www.google.com/maps/d/embed?mid=1tXVYM5XfW9Dyreb_l02gGZMn01g” width=”680″ height=”480″></iframe>

<div class=”separa”><span> ASSISTÊNCIA MÉDICA INTERNACIONAL </span></div>

Já tem seguro de saúde internacional? Pela primeira vez, precisei usar o meu em uma viagem! E pude testar e aprovar em Cape Town. Fui super bem atendida pelo atendimento do seguro, e depois no hospital que me indicaram. Fechei o da Assist-Card pela REAL Seguros. Clique aqui para fazer uma cotação. Após compra online, a apólice chega por email em minutos. 

Dúvidas, elogios, críticas, dicas extras??? Escreva no espaço para comentários abaixo.
Beijos, Lala

Siga-me também no instagram @lalarebelo

↑ Voltar ao começo do post

Comentários